Uma Análise do Consumo de Energia em Transportes nas Cidades Portuguesas Utilizando Redes Neurais Artificiais

23 Março, 2009.

Estudos empíricos realizados em várias partes do mundo demonstraram a existência de uma forte relação entre o planeamento físico das cidades e o consumo de energia em transportes, de tal modo que, nas cidades mais dispersas o consumo de energia para este fim é expressamente mais elevado do que nas cidades mais compactas. Nos países industrializados o consumo de energia tem-se mantido em níveis elevados e crescentes.


Mais grave, é a constatação de que, apesar dos custos que esta situação acarreta, tanto económicos como ambientais, muitos países ainda não realizaram estudos para entender melhor o fenómeno e de alguma forma procurar monitorá-lo. O objectivo deste trabalho é dar o contributo ao país, através da análise da situação nas principais cidades portuguesas, à excepção das zonas de Lisboa e Porto, identificando algumas das variáveis que caracterizam os aspectos físicos da cidade, bem como os aspectos socioeconómicos, que interferem, de forma significativa, no consumo de energia em transportes.

Texto baseado no original de Paula Teixeira da Costa




Outros artigos interessantes:

Projeto da Estação Ferroviária de Alta Velocidade Napoli-Afragola
Urbanista Norte-Americano Propõe Solução Inovadora de Proteção do Tráfego Cicloviário em Cruzamentos
Revelado Projeto do Maior Terminal de Aeroporto do Mundo em Istambul na Turquia
As 10 Mais Belas Estações Ferroviárias do Mundo
Egito vai Construir uma Nova Capital de Raiz
Sistemas ferroviários europeus vão usar tecnologias espaciais da ESA

         
         


Tópicos Relacionados

         -  Acústica em avenidas movimentadas dentro da cidade
         -  116 mil milhões para urbanização do distrito de Palma em ...
         -  Soluções de transportes na área metropolitana de Maputo
         -  Debate sobre Transportes e Mobilidade em Maputo
         -  1º Encontro de Urbanismo - Regenerar, Regenerar e Requalificar
         -  Cursos SIG
         -  Património Moderno e Regeneração Urbana com Professora Ana Tostõ...
         -  Linhas Aéreas de Moçambique com volume de negócios ...
         -  FIG - Young Surveyors Network
         -  Curso sobre MÉTODOS DE AQUISIÇÃO DE DADOS ESPACIAIS
          

Artigos Relacionados

         -  OpenRS 0.9.5: Sistema de auralização de ruído rodoviário
         -  Tecnologia do MIT promete eliminar semáforos em cruzamentos
         -  Tecnologia suíça permite simular ruído do tráfego urbano ...
         -  Estudo da Universidade de Delaware visa reduzir volume de tráfego ...
         -  As 15 redes de metro mais complexas do mundo
         -  MIT cria modelos energéticos de cidades inteiras para as tornar ...
         -  Sistemas ferroviários europeus vão usar tecnologias espaciais da ESA
         -  SUMO 0.25 – Software de Simulação de Mobilidade Urbana
         -  Sistema de priorização de tráfego “Sitraffic Stream” testado com ...
         -  O avançado sistema de monitorização ferroviária e previsã...

Vídeos Relacionados

         -  MIT cria interseções rodoviárias automatizadas
         -  Urban Network Analysis 2015 do City Form Lab
         -  Autodesk Urban Canvas 2015
         -  Land Airbus – As Passagens Superiores Móveis
         -  Fastned – Carregamento Rápido de Carros Elétricos
         -  Gyken Desenvolve Estacionamento Robotizado de Bicicletas
         -  Modelos Digitais 3D com o LiDAR Viewer
         -  Tráfego Viário da Cidade de Los Angeles
         -  O Projeto NOMA na Cidade de Manchester
         -  Entrevista com o Arquiteto do One Angel Square

Comentar

* Obrigatório