A mostrar resultados 1 a 3 de 3

Tópico: Rescaldo das Jornadas da Construção em Cimento 2013

  1. #1
    Membro Intermédio Avatar de Liz Bacelar
    Data de Registo
    Jun 2013
    Empresa
    ArcelorMittal
    Mensagens
    15

    Padrão Rescaldo das Jornadas da Construção em Cimento 2013



    A ATIC organizou a segunda edição das Jornadas da Construção em Cimento, realizadas a 29 de Maio de 2013, em Lisboa, subordinadas ao tema “Reabilitação”.

    O Presidente do Conselho Executivo da ATIC, Gonçalo Salazar Leite, deu as boas vindas aos participantes e iniciou os trabalhos. Seguiram-se intervenções do Bastonário da Ordem dos Engenheiros, Carlos Matias Ramos, do Presidente da Ordem dos Arquitectos, João Belo Rodeia e, a fechar a Sessão de Abertura, o Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, apresentou a perspectiva do Governo sobre o grande tema “Reabilitação”.

    O primeiro painel das Jornadas, com o título “Os Desafios da Reabilitação”, consistiu numa mesa redonda, na qual os intervenientes reforçaram a importância da reabilitação , identificaram os desafios e obstáculos com que a mesma se debate e lançaram propostas para o futuro. A mesa foi presidida pelo Presidente do Conselho Executivo da ATIC, Gonçalo Salazar Leite,e contou com as seguintes participações:
    - Carlos Matias Ramos, Bastonário da Ordem dos Engenheiros.
    - João Belo Rodeia, Presidente da Ordem dos Arquitectos.
    - Teresa Duarte, Chefe da Divisão de Reabilitação Urbana da Câmara Municipal de Lisboa.
    - Rui Quelhas, Administrador Executivo da Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana da Baixa Portuense.
    - Rita Moura, Presidente da Plataforma Tecnológica Portuguesa da Construção.
    - Manuel Reis Campos, Presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário.

    O segundo painel das Jornadas foi dedicado à “Inovação e Financiamento na Reabilitação”, com particular ênfase nos incentivos nacionais e comunitários ao financiamento, na valorização de imóveis proporcionada por processos de reabilitação e nas soluções finais obtidas graças à inovação e versatilidade dos materiais.
    Presidido por Ricardo Batista, Director Editorial do “Construir – O jornal de negócios da indústria da Construção”, este painel contou com os seguintes oradores:
    - Pedro Saraiva, Presidente do Comité de Investimento da Iniciativa JESSICA, dissertou sobre “A abordagem JESSICA ao financiamento da Regeneração Urbana” , sendo de salientar a apresentação da estratégia de investimento em Portugal e os critérios de elegibilidade dos projectos.
    - Francisco Sottomayor, Associate Director Development da CBRE, abordou o tema “Reabilitação – Situação Actual e Perspectivas” e expôs a tendência no sentido da promoção residencial estar maioritariamente direccionada para a reabilitação.
    - José Carlos Marques, Director Técnico da Qualidade da BETÃO LIZ, apresentou a comunicação “Betão Pronto: uma solução também na reabilitação” , demonstrando que através da aplicação de diversos tipos de betão (baixa retracção, autocompactável, projectado, resistência inicial elevada, leve, pesado) se obtêm desempenhos arquitectónicos interessantes e soluções diferenciadas que muito contribuem para a valorização das obras intervencionadas.
    - Ângela Nunes, Directora do Centro de Desenvolvimento e Aplicação de Cimento da SECIL, realizou a apresentação “Inovar na reabilitação” , expondo à audiência um conjunto de produtos e soluções a considerar, particularmente interessantes quando se colocam questões como: acessos difíceis, dificuldades de espaço no estaleiro, reciclagem in situ, consumos localizados, reforço sísmico, eficiência energética, construção sustentável, facilidade de aplicação, facilidade de renovação, harmonia arquitectónica, durabilidade, em suma, a resposta aos grandes desafios da reabilitação.

    Após uma pausa para almoço, a sessão foi retomada na perspectiva do trabalho realizado em obra, com a apresentação do terceiro painel “Reabilitação – Casos de Referência”.
    Foram apresentados projectos de referência ao nível nacional, abrangendo a reabilitação de conjuntos urbanos habitacionais, de património nacional e de infra-estruturas.
    A mesa foi presidida por Manuel Reis Campos, Presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário e contou com as seguintes intervenções:
    - Vítor Abrantes, Professor Catedrático na FEUP e Professor Catedrático Convidado da FAUP e da FCTUC e Nuno Abrantes, Autor do Projecto de Reabilitação de Vila d’Este, apresentaram o trabalho “Vila d’Este – Reabilitação e Requalificação Arquitectónica”, demonstrando como a reabilitação de edifícios de habitação social pode constituir uma oportunidade de requalificação arquitectónica, a qual não só resolve as anomalias dos edifícios, preparando os mesmos para as exigências actuais de conforto, como também permite a regeneração da paisagem urbana e o aumento da qualidade de vida dos habitantes.
    - Luís Almeida e Sousa, Administrador da EMPRIPAR – Obras Públicas e Privadas, apresentou a comunicação “Convento das Bernardas – Uma intervenção desafiante para o construtor” e expôs as soluções encontradas para reabilitar esta construção que se encontrava em acentuada fase de degradação. A obra foi distinguida com o Prémio de Melhor Empreendimento em Reabilitação na 16ª edição do Prémio Nacional do Imobiliário e eleita o melhor edifício residencial pelos prestigiados Prémios Construir.
    - Paulo Lima Barros, Responsável pelo Departamento de Estudos e Projectos da BRISA Engenharia e Gestão, dissertou sobre “Gestão de Obras de Arte na Rede Brisa – Reabilitação e Requalificação” e descreveu as concessões da BRISA, o sistema de gestão de obras de arte (com referência a: base de dados, estratégias de inspecção, classificação do estado de manutenção e conservação das obras, análise e avaliação para decisão de intervenção e veículos especiais), o estado de conservação das obras da rede e respectivos investimentos e ainda as intervenções realizadas e casos de estudo.

    Após um breve debate, teve lugar a Sessão de Encerramento das Jornadas. Participaram na mesa Carlos Abreu e João Ghira, vogais do Conselho Executivo da ATIC e Luis Fernandes, Presidente da ATIC, que resumiu a sessão, agradeceu a presença de oradores e participantes e fechou os trabalhos das Jornadas da Construção em Cimento 2013.

    De referir que as Jornadas da Construção em Cimento 2013 contaram com 140 participantes, representando a fileira do Cimento, Universidades, Instituições Científicas, Laboratórios, Empresas de Construção, de Projecto e de Fiscalização, Ordens Profissionais, Associações Empresariais e Media.

    As apresentações e fotografias do evento encontram-se a seguir.

  2. #2
    Membro Intermédio Avatar de Liz Bacelar
    Data de Registo
    Jun 2013
    Empresa
    ArcelorMittal
    Mensagens
    15

    Padrão






































  3. #3
    Membro Intermédio Avatar de Liz Bacelar
    Data de Registo
    Jun 2013
    Empresa
    ArcelorMittal
    Mensagens
    15

    Padrão


             







































Permissões de Publicação

  • Não pode criar novos tópicos
  • Não pode publicar respostas
  • Não pode publicar anexos
  • Não pode editar as suas mensagens
  •