Técnico de Construção Civil Obras Públicas

18 Dezembro, 2018.


AGENTE TÉCNICO ENGENHARIA E ARQUITETURA 38 ANOS DE EXPERIÊNCIA OBRAS PÚBLICAS TELEF – 00351 – 918782835 e-mail : acarvalho165@gmail.com

– Apelido / Nome
Próprio Pedro Martins de CARVALHO, ANTÓNIO
António Pedro Martins de Carvalho

Morada Quinta do Caracol lote nº1 – Vila Franca de Xira 2600 – 082
Telefone / Móvel (263) 275543 / 918782835 +351 918782835

Correio /Mail – António Carvalho – acarvalho165@gmail.com /Skype- pedrocarvalhomartins2

Nacionalidade Portuguesa

Data de nascimento 04 – Setembro de 1963

Sexo

– CURSOS/ FORMAÇÃO:
– Curso 1986-1990

Formação – Julho2017 Logistel
Formação – 01-03-1990 a 30-06-1990
-Formação – 27-09-2016 – Mediscisforma

– Carta de Condução

– Documentos em anexo ao Curriclum Vitae

Categorias Profissionais, Desempenhadas:

Masculino

– Agente Técnico – Arquitetura/Engenharia/Engenheiro Técnico – (Inspeção Geral do Trabalho Carteira Profissional nº 2678109/Cédula Profissional nº 2024.

– Segurança Ferroviária – Vertente Chefias Formação – REGULAMENTO – IET 77-Segurança Ferroviária

– Duração de 360 horas – Segurança e higiene no trabalho, centro de emprego de Vila franca de Xira.

– Princípios Gerais – Segurança e higiene no Trabalho.

– Ligeiros B/B1

– Carteira Profissional Curso Agente Técnico de Engenharia e Arquitetura nº 2678109.
– Cédula Profissional nº 2024.
– Cartas Abonatórias Empresas: Tyco Internacional – Kaiser, IEP, RODRISOL ANGOLA.
– Certificado Cursos – IEFP e MEDISCISFORMA.
– Segurança Ferroviária – Vertente Chefias Formação IET 77- Segurança Ferroviária
—————————————————————————————————————————————————
– Técnico de construção civil / Responsável Técnico
– Assistente Operacional / Ajunto Direção Obra.
– Supre Visor, Gestor Imobiliário Técnico Fiscal.
– Supre Visor e Técnico Fiscal.
– Técnico Administrativo/ Encarregado / Técnico de Construção Civil.
– Chefe de Missão / Responsável Técnico (Função Atual)

– Funções: Desempenho Profissional:

—————————————–

EXPERIÊNCIA-PROFISSIONAL

-GRID-INTERNACIONAL / GRUPO – CIRA – MALI-AFRICA/AGEROUTE-SENEGAL
-Atualmente Abril 2018 a

– (I.E.F.P.) Infraestruturas de Portugal -V.H.M – Consultores – Junho – 2017 a Abril – 2018.

– (Abril 2017 – Junho 2017)
– Africa Senegal / França – Grupo Eiffage / Spie Batignolles- Selmark

– (ANA) A.A. Portugal – Norvia – Consultores / Engenharia Junho 2016/ Março – 2017

– D.N.I.R-Luanda- Infra estruturas Rodoviárias
– Outubro-2014/2015/ 2016 Maio

– Ministério das Finanças Angola – Setembro-2015 / Janeiro-2016 – 1ª Fase do Edifício das Finanças- Edifício da nova sede do Minfin. Angola/Luanda/Mutamba.

-Medições: Betão, cofragem, Aço, etc.
-Preparação de cofragens.
-Faturação.
-Controle económico.
-Planeamento e orçamento da Obra.
-Orientação Técnica do Projeto na sua execução e a sua pormenorização.
-Orientação de subempreiteiros.
-Fiscalização e orientação Técnica – Obra.
-Orientar e organizar as equipas das frentes de trabalho/obra.
– Soluções Técnicas: Alterações do Projeto /Propor/ Projetista.

– Função Profissional: CHEFE DE MISSÂO / RESPONSÁVEL TÉCNICO DA CONSTRUÇÂO DA OBRA DE ARTE.

– (SENEGAL-DAKAR-FATIK-FOUNDIOUGNE) – CONSTRUÇÂO:GRAND PONT DE FOUNDIOUGNE, COMPRIMENTO da OBRA ARTE – “1km + 900 mts´´ (VALOR DE OBRA – 120.000 milhões de USD).

-Fundações indiretas especiais (Comprimentos das estacas/pilares: 60,00 a 80,00mts e diâmetro 2,00mts).
-Sistema de pré-fabricação de vigas.
– Sistema de pré-esforço.
– Plataformas de trabalho metálicas.
– Organização e planeamento da obra.
– Montagem de viga de lançamento e sistemas de montagens de vigas na construção do tabuleiro.

– Função – (Supre Visor / Técnico de construção civil)

– Infraestruturas de Portugal – Linha do Minho – Eletrificação / Reparação – Túneis/Obras de Arte – Troço – Nine – Viana do Castelo – Ligação a Espanha – Vigo. (Valor de obra – 16 Milhões de Euros)

– (Apoio ao estudo dos Projetos): Novo Aeroporto do Senegal / Moradias para habitação – Construção Metro de Paris (Infraestruturas / Cais Oficinas – Muros de Acesso) – Marselha / Montpellier – Construção : ETAR / Aguas e saneamento (Marselha) / Montpellier Obra de Arte – Passagem superior – Pedonal: Processo de construção misto Estrutura inferior – Betão – superior Metálica ( Valor de 125 Milhões de Euros).

– ANA – AEROPORTOS AERONÁUTICOS – POTUGAL.
– Aeroporto Humberto Delgado- Lisboa -Construção das Entradas Múltiplas Aeronáuticas na Pista 03.
– (Valor de obra – 165 Milhões de Euros)
– Lote nº1 – Construção das Entradas Múltiplas Construção Civil.
– Lote nº2 – Reabilitação do TWY – Construção Civil.

– Trabalhos Executados:
1- Demolições.
2-Terraplagens.
3-Pavimentação.
4-Drenagem Pluvial.
5-Sinalização luminosa.
6-Serviços Afetados.
7-Construção de pavimentos aeronáuticos rígidos/ flexíveis incluindo pavimentos e bermas.

– (Luanda/Angola -Ponte sobre o Rio Cambamba (Ponte Molhada)– com vão 200mts
-( Valor da Obra de Arte 12 Milhões de USD)
-Construção do novo/ alargamento 1ª Fase do Edifício das Finanças/Edifício da nova sede do Minfim- (Valor da empreitada 99.000 milhões USD).
-Funções: Orientação técnica/construção/medições/orçamentação/revisão de projeto

– Trabalhos que decorreram na fase da construção do edifício:
-Paredes moldadas. 0,40m e 0,60m – média de furação: 30,00mts
-Fundações especiais – 750estacas: diâmetro 1,00mts com média de furação 35,00mts
-Ancoragens, escoramentos, revestimentos, impermeabilização, drenagens, etc.
-Estrutura e superestrutura: estacionamentos, caves, lages elevadas.
-Descrição do edifício: Fundações e estrutura em betão armado, construção de parques de estacionamento do edifício existente e o novo edifício construção de 4 pisos inferiores e 8 pisos superiores.

Experiência Profissional: prof
– Nome do empregador
– Abril: 2011/2012 /2013/2014
-INEA – Instituto Nacional de Estradas de Angola/ Ropang/ Rodrisol.

-Empreitada Reabilitação das Pontes do Troço Benguela – Dombe Grande Angola.
– ( Valor de obra 650 Milhões USD)
– (Função) -Técnico de Construção / Responsável Técnico (Pontes e Viadutos- obras de arte especiais).

– Reabilitação e Construção das seguintes pontes:

-Ponte 1 – Pk-(00+950) com vão de 46,00 m
-Ponte 2 – Pk-(09+806) com vão de 46,00 m
-Ponte 3 – PK-(18+415) com vão de 70,00 m
-Ponte 4 – PK-(21+290) com vão de 26,00 m
-Ponte 5 – PK-(33+800) com vão de 32,00 m
-Ponte 6 – PK-(35+245) com vão de 58,00m
-Ponte 7 – PK-(36+325) com vão de 301,00m (Reabilitação Provisória)
-Ponte 7 – PK-(36+325) com vão de 301,00m (Construção nova ponte)
-Ponte 8 – PK-(37+627) com vão de 600,00m (Reabilitação Provisória)
-Ponte 8 – PK-(37+627) com vão de 600,00m (Construção nova ponte)
-Ponte 9 – PK-(39+090) com vão de 13,00m

– Execução dos acessos as pontes sobre o Rio Corporolo, no troço entre Benguela e Namibe Angola.
-Drenagens, PHS.
-Terraplenagens, estudos de solos. Acompanhamento de ensaios em laboratório.
-Pavimentação, sinalização.

– Nome do empregador –
– 2011 Abril -2012 – 2013 /2014.

– Nome do empregador:
-Desde Fevereiro 2008 até Março 2011.

-INEA – Instituto Nacional de Estradas de Angola / Ropang Engenharia/ Rodrisol

-Empreitada : Pontes do Troço: Benguela Dombe Grande -Equimina- Lucira- Namibe.
– (Valor de Obra 950 Milhões de USD)
-(Função )-Técnico de Construção / Responsável Técnico ( Pontes e Viadutos- obras arte especiais ).
-Ponte sobre o Rio Camunga ao pk 185,10 -com vão de 150 mts
-Ponte sobre o Rio Chileva ao pk 186,30 – com vão de 200 mts
-Ponte sobre o Rio Garganta I ao pk 192,50 – com vão de 40 mts
-Ponte sobre o Rio Garganta III ao pk 192,80 – com vão de 80 mts
-Ponte sobre o Rio Garganta II ao pk 194,00 – com vão de 150 mts
-Ponte ao pk 19+500 ao pk 227,90 – Rio Cuiticuiti – Vão de 100 mts
-Ponte ao pk 15+700 ao pk 232,10 – Rio Manono – Vão de 180 mts
-Ponte ao pk 13+000 ao pk 234,80 – Rio Calutanga -Vão de 180 mts
-Ponte ao pk 13+100 ao pk 240,10 – Rio Mauvar – Vão de 180 mts
-PS ao Caminho de Ferro ao pk 350,40 – com vão de 30 mts
-Ponte sobre o Rio Giraúl ao pk 456,10 – com vão 500 mts

————————————————————————————————————————–
– GIBB Portugal
-( Função)-Técnico de Construção / Responsável Técnico ( Pontes e Viadutos- obras arte especiais e Túneis). Ajunto da Direção de Obra.
– «Empreitada – I.C.17 – Circular Regional Interior de Lisboa Sublanço Buraca – Pontinha (Valor de Obra 650 Milhões de Euros ).
– Obras de Arte Especiais seguintes
-Empreitada em Construção:
◊ -Obra de Arte (Nó da Buraca)
◊ -Passagem Inferior B1
◊ -Passagem Inferior B2
◊ -Passagem Superior B1 (Alargamento)
◊ -Passagem Superior B2
◊ -Obras de Contenção
◊ MB1 (Ramo 5)
◊ MB2A (Ramo B)
◊ MB 2B (Ramo B)
◊ MB 3 (Ramo E)
◊ Túnel de Benfica (Pk+650 a 2+090)
◊ Túnel de Benfica 1 (Pk0+650 a 1+190)
◊ Aqueduto das Águas Livres (Pk0+600 a 0+850)
◊ Aqueduto das Francesas (Pk0 +730)
◊ Obras de arte do caminho de ferro (PI2A) – ( Pk1+020 a 1+090)
◊ Passagem Superior D1

◊ Túnel de Benfica 2 (PK 1+500 a 1+730)
◊ Caneiro da Damaia (Pk1+580)
◊ Caneiro de Alcântara (Pk1+850)
Túnel de Benfica 3 (Pk1+850 a 2+090)

2005/2006/2007/2008 (Até Fevereiro/2008)
Nome do Empregador: – Auto Estradas do Atlântico – Gibb – Portugal-Mafra-Atlântico.
«Empreitada – Construção Auto -Estrada Ericeira – Malveira e sua ligação à A8», Mafra-Atlântico – Vias Rodoviárias (Valor de Obra 750 Milhões de Euros).

– Técnico de Construção / Responsável Técnico (Pontes e Viadutos- obras arte especiais).

◊ Obras de Arte Especiais seguintes:
◊ – Ponte da Ribeira da Vidigueira vão-489-mts (Sistema de construção Carrinhos de avanço)
◊ – Viaduto da Ribeira da Borracheira 213-mts (Sistema de construção Viga de lançamento)
◊ – Viaduto da Ribeira do Muchalforro 315 mts (Sistema de construção Viga de lançamento)
◊ -Passagens-superiores-inferiores: (PI1A,PS1B,PS1,PS2,PI3,PI3A,PS3B,PS4,PS5,PI5B,PS6,PI7,PS7A)

Nome do Empregador:

2004/2005 – FERCONSULT – Consultoria, Estudos e Projectos de Engenharia de Transportes S.A.

«Construção do Metropolitano de Lisboa (Linha Vermelha Alameda a São Sebastião da Pedreira)»

«Construção da Estação do Saldanha (Valor de Obra 425 Milhões de Euros)»

– Técnico de Construção / Responsável Técnico.

1. Trabalhos a serem executados:

2. Fundações Especiais – Estacas Moldadas no Terreno Paredes Moldadas, Revestimento da Contenção com Paredes Tipo Monique ou Berlim
3. Escavações de Túneis Subterrâneos, ancoragens ,Pré – Esforço.
4. Execução de Túneis : Processo – Enfilagens – Betão Armado com Cofragens PERI e CIFA
Nome do empregador:

2002/2004 -KAISER-SA / Eart -Tech- a Tyco-International Ltd. Company -Obras do Metro do Porto, S.A

«Estação do Lima / Estação do Heroísmo/ Estação do Bolhão/Estação 24 de Agosto» ( Valor de Obra 1.250 Milhões de Euros).

– Técnico de Construção / Responsável Técnico.


◊ – Trabalhos a serem executados:

5. Fundações Especiais – Estacas Moldadas no Terreno Paredes Moldadas, Revestimento da Contenção com Paredes Tipo Monique ou Berlim
6. Escavações de Túneis Subterrâneos, Ancoragens, Pré –Esforço .
7. Execução de Túneis : Processo – Enfilagens, Betão Armado com Cofragens PERI e CIFA .
8. Acabamentos -Construção Civil

Nome do empregador:

1999/2004 KAISER-SA / Eart -Tech- a Tyco-International Ltd . Company

– Técnico de Construção / Responsável Técnico.

9. Medições / Planeamento/ Pré- Esforço
10. Fiscalização e Coordenação Técnica da Execução dos Viadutos.
11. Obras Arte Especiais – A8
12. Viaduto Mouratos – 366 mts Cimbre ao Solo)
13. Viaduto da Tojeira – 460 mts (Cimbre ao Solo e Viga de Lançamento)
14. Viaduto do Alcoa – 752 mts (Cimbre ao Solo)
15. Viaduto da Mata da Torre – 109,00 mts (Cimbre ao Solo)
16. Viaduto de Alfeizerão – 699,46 mts (Viaduto com Carrinhos de Avanço e Viga de Lançamento)
17. Viaduto São Domingos mts – 468 mts (Cimbre ao Solo)
18. Viaduto São Parceiros mts – 368 mts (Cimbre ao Solo)
19. Varias Obras PS – Passagens Superiores e PI – Passagens Inferiores.
Nome do empregador:

1997/1999
Grupo EDIFER – GESTIFER

– Assistente Operacional

20. Prolongamento Avenida dos Estados Unidos América (Valor Obra 225 Milhões €)
21. Obras Arte – Com Sistema de Pré – Fabricação
22. Preparação de Ferro Cofragens Pré – Esforço
23. Orientação Técnica
24. Medições e Orçamentação
25. Planeamento
26. Organização Estaleiro.

– Obras de Arte executadas em Sistema Pré Fabricação – Castelos / Pavilis :

– Viaduto do Vale de Chelas com um vão de 267 mts.

Nome do empregador:

1994/1997

ANOS – 1994/1995/1996/1997

CINCLUS – Planeamento e Gestão de Projetos SA – Grupo – SONAE

– Supervisor e Gestor de imobiliário.

27. Escola C+S de Odemira
28. Aterro Sanitário para Câmara Municipal de Portalegre
29. Remodelação e Pavimentação da Estrada Regional e R 2
30. Ilha do Pico Açores
31. Variante Construção dos Viadutos Seixal Câmara – Seixal
31 (a) Modelo de Vila Franca de Xira – Hipermercado

INVESTIMENTOS SONAE – CINCLUS – Planeamento e Gestão de Projetos, SA – Grupo – SONAE / DIREÇÃO REGIONAL DOS AÇORES – PORTUGAL – Ilhas – Faial “ Horta´´, Sº Jorge, Pico

– Supervisor e Gestor /Técnico Fiscal – Fiscalização e Gestão – Responsável Técnico.

1- Ilha do Pico Açores – Remodelação e Pavimentação da Estrada Regional e R 2.

2 – Açores Ampliação, Remodelação, Reforços, Reparações dos Portos Marítimos:

a)-PORTO MARÌTIMO – Açores – Ilha do Faial – Horta – 2.600.000€
b)-PORTO MARÌTIMO – Açores- Ilha São Jorge – 2.239.362€
c)-PORTO MARÌTIMO- Açores- Ilha Pico – São Roque, Lages, Madalena – 17.275.000€

– Descrição de Alguns Trabalhos Executados:

-Execução do molho-cais com extensões: 240m,170m,120m. – Aplicação de enrocamento a todo o tamanho, revestido por mantos de enrocamento selecionados e blocos artificiais (Cubos Antifer) e estimado por uma superestrutura de betão simples.

-Execução de núcleo e revestido exteriormente por um manto de enrocamento de 10 a 30 KN, com 2,00 m de espessura e uma inclinação do talude de 1/1,5 (VH), e por um manto de proteção exterior constituído por blocos Antifer de 150 KN.

-Execução da cabeça do molhe é tronco- cónico tendo o manto de proteção e constituído por blocos Antifer de 300 KN, com inclinação do talude de 1/1,5 V/H .

– Superstrutura – Aplicação de betão simples C20/25, assente sobre o núcleo dispõe de uma plataforma com- 8m e largura à cota + 2,5 (2H) e de um muro em degrau, com uma altura de 7,00m no extradorso.

– Aplicação de blocos e assentam sobre um prisma de enrocamento de 0,2 a 0,5 KN, com uma espessura mínima de 0,50m e a plataforma regularizada com brita.

– Execução de estacas brita.
-Execução de estacas moldadas – Diâmetro- 0,80m e 1,00m, método entubadas e encamisadas.
-Execução de paredes moldadas – Espessura- 0,60 m.
-Consolidação de níveis periféricos – Jet Graout.

Nome do empregador:

1990/1994
– Teixeira Duarte, Engenharia e Construção, SA.

– Técnico de Construção Civil / Obras Publicas

-Principais Obras onde Prestou Serviço:
-Lanço entre Aveiro e Albergaria – a-Velha (Vte. à E. N. 109)»
-Obras Arte Especiais (Viadutos, Passagens Inferiores e Passagens superiores)
-Lanço entre Miramar e Maceda (IC1 – Vte.. à E.N .109) »
-Obras Arte Especiais (Viadutos, Passagens Inferiores e Passagens superiores)
-IC 22 – Radial de Odivelas.
-Obras Arte Especiais (Viadutos, Passagens Inferiores e Passagens Superiores)
-Ponte Internacional do Guadiana- (Pré – esforço).
32. Medições
33. Preparação de Cofragens
34. Faturação
35. Controle Económico
36. Planeamento e Reorçamento da Obra
37. Orientação de Projeto na sua Execução Pormenorização

Nome do empregador:

1980/1990
-Construções Técnicas S. A.

-Técnico Administrativo, Encarregado – Técnico de Construção Civil / Obras Publicas.

– Principais Obras onde Prestou Serviço:

38. Urbanização Quinta Lambert Lumiar
39. Prolongamento da Fábrica Fina LEVER
40. Edifício Veneza – Paredes Moldadas – Aveiro
41. Prolongamento da Fábrica RENAULT – Cacia – Aveiro
42. Fábrica Leirosa – Fundações – Figueira da Foz
43. Açude de Coimbra – Paredes Moldadas
44. Fundo Fomento Habitação – Fundações – Mondim de Basto
45. Centro Cultural de Belém – Lisboa
46. Centro Tratamento de Beirolas – Fundações
47. Porto da Figueira Cais Marítimo
48. Auto Estrada – Santarém Torres Novas – Fátima – obras de arte
49. Ponte Companheira Portimão (Sobre o Rio Arade) – Fundações Especiais e Sistemas de Drenagens com Geotelas para Rebaixamento de Solos (Aterro de Solos bons para comprimir lodos e sua saída da fluidez na Geotela)
50. Ponte Ferroviária – Ponte de Muge – Setil
51. Edifício Gandarinha – Injeção e Consolidação de Rocha – Cascais

Madeira / Funchal
52. Edifício Oudinot – Pré – Esforço (Lages e Plantibandas Pré- Esforçadas)
53. Edifícios para Armazéns – Pré em Pórticos

África / Luanda/Cabinda

54. – Fundações Indiretas e Direta
55. Ativação da Fabrica Novobra:
Pré-Esforço – Pré – Fabricação – Vigotas – Credons -Asnas Poncelon, etc.
56. – Pré- Esforço
57. Ponte Chiloangue – Cabinda
58. – Preparação de Cofragem e Ferro
59. – Preparação de Aço



– Orientação, Adjudicação e Contratação de Subempreiteiros

Formação académica e profissional:

– Curso Construtor Civil Mestrança – Diplomado em Agente Técnico de Arquitetura e Engenharia, Ministério do Emprego e da Segurança Social (Inspeção Geral do Trabalho Carteira Profissional nº-2678109)
Formação – 01-03-1990 a 30-06-1990 – Duração de 360 horas – Segurança e Higiene no Trabalho, Centro de Emprego de Vila Franca de Xira.
-Formação – 27-09-2016 – Mediscisforma

– Formação – Julho2017
– Entidade formadora – Logistel
– Princípios gerais – Segurança e saúde no Trabalho.

– Carta de condução – Ligeiros B/B1

– Segurança Ferroviária – Vertente Chefias Formação IET 77- Segurança Ferroviária
Informática:

– EXEL
– WORD
– POWERPOINT
– MICROSOFT / PROJECT
– OUTLOOK
– AUTO/CAD

Aptidões e competências pessoais
Primeira língua Português
Outras línguas Inglês – Francês – Espanhol
Auto – avaliação Compreensão Conversação Escrita
Nível europeu (*) Compreensão oral Leitura Interacção oral Produção oral
Inglês Medio Medio Medio Medio Medio
Francês Boa Boa Boa Boa Boa
Espanhol Boa Boa Boa Boa Boa
(*) Nível do Quadro Europeu Comum de Referência (CECR)


CV António Pedro Martins de Carvalho

Contacto:
António Pedro Martins de Carvalho
Email: acarvalho165@gmail.com
Tel: 918782835


Procura Engenheiro Civil Portugal


Empregos Relacionados


Termos Pesquisados

          - CONSTRUCAO NOVA PONTE MONDIM DE BASTO
          - tecnico de obras publicas
          - utilizacao do sistema de cofragem em obras de construcao civil


Mais de 60 dias

Comentar


Partilhe a sua experiência com este empregador ou candidato. Conte-nos como correu a entrevista,
como foi recebido, se as condições oferecidas corresponderam às suas expectativas, etc.


* Obrigatório