Tecnologia inovadora de amortecimento viscoelástico para estruturas de betão desenvolvida no Canadá

14 Dezembro, 2015.

Tecnologia inovadora de amortecimento viscoelástico para estruturas de betão desenvolvida no Canadá

Investigadores da Kinetica, uma spin-off da Faculdade de Engenharia e Ciências Aplicadas da Universidade de Toronto desenvolveram um novo tipo de tecnologia para amortecimento sísmico, direcionado a grandes edifícios de betão armado. Os novos amortecedores, de base viscoelástica, permitem a absorção da energia gerada durante um sismo, transformando-a em calor e possibilitam a redução drástica dos esforços a que os elementos estruturais ficam sujeitos.

Embora os dispositivos de amortecimento viscoelástico sejam utilizados, de forma corrente, em edifícios com estrutura metálica, são de difícil integração em edifícios com estrutura de betão armado.
O que a tecnologia da Kinetica permite é a fácil utilização deste tipo de amortecedores em edifícios de grande altura construídos maioritariamente com recurso a betão, através do seu acoplamento a vigas de piso.
Assim, em vez de recorrerem a grandes e dispendiosos amortecedores de massa sintonizada (TMD) que geralmente ocupam vários pisos no topo dos arranha-céus, os projetistas podem distribuir amortecedores viscoelásticos ao longo da estrutura. Estes dispositivos são instalados no lugar dos elementos estruturais horizontais mais solicitados e possibilitam a mitigação dos efeitos estruturais nefastos resultantes de sismos ou ventos de elevada intensidade.

A tecnologia está a ser utilizada pela primeira vez em larga escala na construção do YC Condos, um arranha-céus residencial de 199 metros de altura e 60 pisos, no centro de Toronto.

Fonte: Kinetica/Universidade de Toronto | Imagens (adaptadas): via Kinetica/Universidade de Toronto




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório