Dachser constrói novo centro logístico em Antuérpia

Dachser constrói novo centro logístico em Antuérpia

A filial da Dachser em Willebroek oferecerá, até ao final de 2021, uma maior área de cross docking e de estacionamento. Com a expansão que a multinacional está a realizar na estrutura localizada perto de Antuérpia, na Bélgica, este centro passará a contar com uma área de cross docking de nove mil metros quadrados – o que representa uma ampliação de dois mil metros – e com 87 cais de carga, mais 19 dos que detinha anteriormente. Também a área para estacionamento no local será ampliada em 7.500 metros quadrados.

Com esta capacidade adicional, a filial da Dachser em Willebroek consegue estar totalmente preparada para responder aos desafios futuros. “O crescimento da atividade de grupagem na Europa motivou a nossa mudança para estas novas instalações, em 2014, e implicou, agora – fruto do crescimento constante – uma nova expansão, que se materializa nesta segunda fase de construção”, refere Frans van Bedaf, responsável da filial da Dachser em Willebroek. E acrescenta: “O compromisso e a experiência logística dos 115 funcionários em Willebroek foram, sem dúvida, determinantes para o crescimento e sucesso da filial”.

Aat van der Meer, diretor executivo da Dachser Benelux, relembra os últimos anos com satisfação: “Devido à sua localização central na rede Dachser, a Bélgica assume-se como um elo crucial para o tráfego de mercadorias na Europa”. E acrescenta: “Com o crescimento consistente da filial, situada perto do porto de Antuérpia, continuamos a fortalecer a nossa rede na Bélgica e, também, na região do Benelux”. “Com esta aposta, podemos oferecer uma solução completa, que combina o transporte rodoviário com o transporte aéreo e marítimo, o que nos permite gerir todo o processo logístico para os nossos clientes. Na Dachser, chamamos a isto “Interlocking””, conclui.

Refira-se que a Dachser atua, no mercado belga, desde 1975, ano marcado pela abertura da primeira estrutura localizada em Kuurne. Em 1995, a multinacional mudou-se para Willebroek, no entanto, após 15 anos, este edifício tornou-se bastante limitado e, como tal, surgiu a necessidade de criar um centro de cross docking dedicado e completamente novo. Estas exigências levaram a que toda a filial fosse realocada, em 2014, no parque industrial De Hulst. A nova expansão – que se iniciou em junho e estará concluída em seis meses, até ao final do ano – assume-se, por isso, como a segunda fase deste processo de construção.

 

Fonte: Dachser/Central de Informação | Imagens (adaptadas/ilustrativas): Dachser/Central de Informação




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório