Desafios do Saneamento Urbano nos Países de Expressão Portuguesa

Desafios do Saneamento Urbano nos Países de Expressão Portuguesa

Nos dias 1 e 2 de Junho decorre no Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos (DECivil) do Instituto Superior Técnico (IST-UL), em Lisboa, o curso Saneamento Urbano e Adaptação a Alterações Climáticas nos PALOP. Coordenado por José Saldanha Matos e António Jorge Monteiro, professores do IST, o curso incidirá sobre os problemas, desafios e discussão de soluções de adaptação, das infraestruturas e serviços, às alterações climáticas em países em desenvolvimento.

Os principais temas abordados serão o ciclo urbano de utilização da água, saneamento urbano em Portugal e nos PALOP, origem, quantificação e natureza de águas residuais, componentes e tipos de sistemas, riscos e disfunções, alterações climáticas e seu impacto nos serviços de água e de saneamento, estratégias de adaptação e mitigação de emissão de GEE, drenagem pluvial em meio urbano, soluções de reserva e de controlo na origem, qualidade de água e controlo da poluição.
Serão também apresentados outros tópicos no âmbito do saneamento urbano, como o tratamento de águas residuais e de lamas, operações e processos unitários, reutilização de efluentes e recuperação de resíduos, esquemas de tratamento de águas residuais, bases de conceção e dimensionamento de sistemas low-cost, potencialidades e condicionalismos de implantação, operação e manutenção de sistemas de saneamento e estratégias de planeamento para a sustentabilidade dos serviços.

O curso é organizado pela Associação para a Formação e o Desenvolvimento em Engenharia Civil e Arquitetura (FUNDEC) tendo um custo de 450 EUR + IVA 23% (553,50 EUR).

Informações
Fernanda Correia / Vanessa Silva
Tel.: 21 841 80 42
Fax: 21 841 81 93
e-mail: fundec@tecnico.ulisboa.pt

Fonte: FUNDEC | Imagem (adaptada/ilustrativa): via Maple Krama




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório