Os melhores edifícios de 2017 no Reino Unido

25 Julho, 2017.

Os melhores edifícios de 2017 no Reino Unido

O Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA) anunciou os cinco edifícios finalistas de um dos mais cobiçados prémios de projeto de edifícios. Na sua 22ª edição, o Prémio RIBA Stirling distingue os melhores edifícios novos, construídos durante o ano de 2017 no Reino Unido.

Os Prémio RIBA Stirling são julgados através de um conjunto vasto de critérios, que incluem a visão no design, inovação, originalidade, capacidade de estimular, capacidade de envolver e encantar os seus ocupantes e visitantes, acessibilidade, sustentabilidade, adequabilidade do edifício aos seus propósitos e o nível de satisfação do cliente.

Os edifícios selecionados para o Prémio RIBA Stirling 2017 são o Barretts Grove, o Campus da City of Glasgow College, o Command of the Oceans o Cais de Hastings, o Estúdio Fotográfico de Juergen Teller e o Centro Mundial de Exposições e Conservação do Museu Britânico.

O Barretts Grove é um edifício de habitação localizado em Londres, projetado pelos gabinetes Amin Taha e Groupwork. Com 635 metros quadrados de superfície interior, o edifício foi construído pela Ecore Construction e dimensionado pelos engenheiros estruturais da Webb Yates Engineers.

O Campus da City of Glasgow College é um gigantesco complexo com 60 mil metros quadrados, que alberga seis faculdades e inclui, entre outros, 300 salas de aula, auditórios multifuncionais e salas académicas especializadas.
O complexo foi idealizado pelos ateliers Reiach And Hall e Michael Laird e projetado pelos engenheiros civis da Arup e da Jeremy Gardner Associates. A construção esteve a cargo da Sir Robert McAlpine e os interiores foram da responsabilidade da Graven Signage.

Localizado na Doca Histórica de Chatham, o “Command of the Oceans” é um projeto inovador no campo da conservação progressiva de edifícios, reutilização inventiva e adaptação ao tecido urbano e arquitetónico existente. Foi desenvolvido pelos arquitetos da Baynes and Mitchell e dimensionado pela empresa de engenharia civil Price & Myers.

O Cais de Hastings é o quarto projeto finalista dos Prémio RIBA Stirling e também aquele que há mais tempo estava a ser implementado, tendo-se desenvolvido ao longo de mais de sete anos. Teve autoria do atelier dRMM e dos engenheiros civis da Ramboll. A massiva estrutura tem uma área interior de quase 12 mil metros quadrados.

O quinto dos edifícios da lista da RIBA é o estúdio do mundialmente conhecido fotógrafo de moda e belas artes, Juergen Teller. O projeto é na verdade composto por três edifícios contíguos, com um total de 505 metros quadrados de área, que foram habilmente concebidos e organizados pelos projetistas britânicos da 6a. O projeto de engenharia civil esteve a cargo da consultora Price & Myers.

O último dos edifícios selecionados pela RIBA para melhor edifício do ano de 2017 no Reino Unido é o Centro Mundial de Exposições e Conservação do Museu Britânico.

 

Fonte: EngenhariaCivil.com; RIBA Imagens (adaptadas): EngenhariaCivil.com; via RIBA




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório