Novos revestimentos anti corrosão para estruturas metálicas offshore reduzem drasticamente custos de manutenção

3 Fevereiro, 2016.

Novos revestimentos anti corrosão para estruturas metálicas offshore reduzem custos de manutenção

O Instituto Fraunhofer para as Tecnologias de Fabrico e Materiais Avançados (IFAM), localizado em Bremen, na Alemanha, colocou em marcha um projeto colaborativo denominado “RepaKorr” que visa o desenvolvimento de novas tecnologias de inspeção, manutenção e proteção contra a degradação por corrosão de estruturas metálicas offshore.

O objetivo é claro, reduzir drasticamente os custos de manutenção associados a este tipo de estruturas, especialmente no que diz respeito à renovação dos revestimentos anticorrosivos.
Em foco estão as zonas das estruturas offshore que são mais vulneráveis, nomeadamente aquelas que se encontram submersas em intervalos cíclicos e que, portanto, necessitam de revestimentos anti corrosão mais eficientes.

Algumas empresas envolvidas no projeto são a Sika Alemanha GmbH, responsável por parte do desenvolvimento de novos materiais de reparação, a Muehlhan AG, que está a trabalhar em novos métodos de análise e aplicação, em particular no que diz respeito ao controlo de qualidade das reparações, ou ainda a AirRobot GmbH, que está a investigar a possibilidade de utilização de drones na inspeção e determinação do estado de conservação dos revestimentos.

Por seu lado, os investigadores do IFAM são diretamente responsáveis pelo desenvolvimento de um novo tipo de revestimento superficial temporário de elevada eficiência, que protege os elementos estruturais da ação da humidade e do sal marinho e que é aplicado durante operações de renovação, no intervalo de tempo que decorre entre a decapagem e limpeza e a aplicação de um novo revestimento.

Os primeiros resultados do estudo do IFAM deverão ser divulgados já no próximo mês.

Fonte: IFAM | Imagens (adaptadas): via IFAM




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório