Engenheiros Civis russos aumentam em 200% a capacidade de carga de estruturas de betão armado

3 Maio, 2017.

Engenheiros Civis russos aumentam em 200% a capacidade de carga de estruturas de betão armado

Uma equipa de engenheiros civis da Universidade Politécnica Pedro o Grande de São Petersburgo (SPBSTU) criou um novo sistema construtivo de estruturas de betão armado que promete um comportamento estrutural muito superior ao das estruturas de betão armado convencional e uma redução significativa do seu peso.

De acordo com os investigadores russos, o sistema permite um aumento da capacidade de carga em mais de 200% e uma diminuição de 80% na densidade específica dos elementos estruturais. Para tal, os engenheiros da SPBSTU utilizaram betão armado nano-estruturado, de elevada resistência, mais leve que o betão corrente, reforçado com grelhas tridimensionais, de geometria complexa, fabricadas com materiais compósitos.

Segundo os investigadores, o novo sistema construtivo permite igualmente assegurar a integridade estrutural de construções sujeitas a ações sísmicas, podendo ser utilizado tanto na execução de pontes e viadutos, como de edifícios. O bom comportamento sísmico é assegurado pela configuração contínua do reforço dos elementos estruturais, o que permite uma distribuição adequada dos esforços.

A SPBSTU alega ainda que o novo sistema permite aumentar significativamente a durabilidade das estruturas, graças ao tipo de materiais de reforço utilizados, mais resistentes à corrosão, alterações bruscas de temperatura e a ambientes agressivos.

Fonte: EngenhariaCivil.com; SPBSTU | Imagens: EngenhariaCivil.com; via SPBSTU




Outros artigos interessantes:




17 Comentários a Engenheiros Civis russos aumentam em 200% a capacidade de carga de estruturas de betão armado

  1. HAROLDO

    Muito top

  2. Elias Batista de Aquino

    Gostaria de receber algum material a respeito do assunto.

  3. Boni cavalheiro

    Gostaria de conhecer mais..

  4. Jaílson Oliveira dos santos

    Gostaria d receber alguns materiais referente ao assunto

  5. Mauricio Fonseca

    Me parece espe tacular,por favor enviarme informacion

  6. Jeferson

    Gostaria de receber material referente ao conteúdo publicado.

  7. Tiago Dalan

    Solução incrivel.Baixo peso e elevada resistência. Basta saber a questão custo e vida útil agora.
    Aguardo mais detalhes também!

  8. Edson Freitas

    Quero se possível receber o material completo.

    Obrigado

  9. Marcelo

    Gostaria de obter mais informações a respeito.

  10. Hudson Barcelos Reggiani

    Favor me incluir na lista de interessados nas publicações Engenharia Civil

  11. Nicolas Roa

    Estou interessado en mais informacao ao respeito. Onde posso encontrar-lá., algum contato, por favor?? Obrigado
    I’m interested in more information about it. Where I can found, some contact, please. Thank you.

  12. Libert

    Nossos parabéns aos colegas russos. A engenharia civil precisa evoluir.

  13. Moyses Elian

    Será uma revisão da NBR 6118 ?
    Tem como difundir para quem interessar?

  14. Evandro

    Muito bom este material

  15. MARCOS JOSE BRAZ

    Gostaria de receber mais informações

  16. Karoline

    Tem mais algum material complementar? Gostaria muito de saber

  17. Francisco Neto

    Importantíssimo, gostaria de saber mais sobre o assunto. Att Francisco NEto.- Eng. Civil

Comentar

* Obrigatório