Tricalc 7.1

4 Outubro, 2009.

Tricalc 7.1

Após o lançamento da versao 7 , a Arktec apresentou a actualização para a versão 7.1 do seu software Tricalc para o cálculo de estruturas, com avançadas prestações de cálculo. Pela melhoria efectiva das suas características o novo Tricalc reforça a sua posição no segmento de topo das suites de dimensionamento estrutural.

Entre as inovações mais importantes destaca-se o estudo do efeito das acções de  temperatura e efeito da retracção sobre lajes, novo ambiente consistente com a estandardização da Microsoft e Office 2007, consideração das acções de vento interior e vento tangencial, bloqueio de armaduras em barras e lajes, novas funções de distribuição automática em zonas de armaduras. Com esta versão 7.1 apresentam-se dois novos módulos de T-Connect.3 e T-Connect.4 para ligações de perfis ocos rectangulares e circulares, respectivamente.

A Arktec passou também a disponibilizar licenças gratuitas e sem limitações para estudantes do Tricalc. Dentro das mesmas premissas é também possível obter gratuitamente os programas T-Connect e Gest-Contructo.

Adicionalmente a Arktec oferece ao público, gratuitamente, o programa Tricalc Pórticos (oferta do serviço de suporte técnico).

Download Tricalc 7.1

Download Tricalc Pórticos  7.1 (versão gratuita)

Download GestCon 10.0

Download Segur 10.0

Download Constructo Conta 10.0

Download Constructo Profissional 10.0




Outros artigos interessantes:


         
    


Tópicos Relacionados

         -  Sistemas de coordenadas locais e globais
         -  Cálculo da Carga de uma Banheira
         -  Hélice SAP2000 - Exibir elemento com a face externa continuamente
         -  Cálculo estrutural de pontilhão
         -  Viga apoiada em outra viga
         -  Tramo de vigas
         -  Sapatas/Fundações no Robot Estrutural
         -  Duvida em fixaçao de longarinas - ponte rural
         -  Reações de apoio para treliça
         -  Contrapiso ou "Prontilaje"
          

Artigos Relacionados

         -  Engenheiros alemães desenvolvem software que permite otimizar a utilização ...
         -  Porque é que o betão necessita de reforço
         -  Analysis3D 2.05
         -  Aprendizagem artificial aplicada na monitorização da saúde estrutural da ...
         -  Estrutura metálica de torres elétricas de alta-tensão reconvertida ...
         -  Engenheiros Búlgaros criam novo método de endurecimento de aç...
         -  MX3D é a primeira ponte metálica do mundo construída ...
         -  Engenheiros norte-americanos criam película que facilita a monitorização da ...
         -  Tutorial da ferramenta de ligações estruturais do Revit 2018
         -  Materiais de elevada resistência estrutural imitam organismos existentes na natureza

Vídeos Relacionados

         -  Operação da plataforma MBI 200 na inspeção da estrutura de ...
         -  Gigantesca estrutura metálica em arco de Chernobyl
         -  Aumento da resistência do metal através de deformações ...
         -  Selante ecológico para betão desenvolvido na Universidade de Purdue
         -  Grua montada a 2975 metros de altitude na Alemanha
         -  Construção da ponte metálica em arco de Alconétar
         -  Reconstrução de ponte metálica em Bratislava
         -  Tuned mass damper do edifício Taipei 101 bate recorde mundial
         -  Ponte metálica expansível criada no Japão
         -  Construção do Pilar Central da Ponte de Rzeszowie sobre o ...

17 Comentários a Tricalc 7.1

  1. Filipe Dias

    Já experimentei o tricalc pórticos. Achei excelente. Não sabia que a arktec tinha software grátis, por isso fiquei muito satisfeito com a boa notícia!
    Cumprimentos ao EngºVerdelho Trindade e desejos de continuação de bom trabalho para toda a equipa.

  2. Diana

    Muito obrigada

  3. José Alves Reis (Engº)

    Aqui vão mais algumas das características da nova versão (da página da arktec):

    Melhoria do ambiente de trabalho
    Na versão 7.1 modificou-se a aparência do programa, assim como a utilização das janelas, barras de ferramentas e caixas de listagens. É possível agrupar as diferentes janelas de trabalho em fichas ou separadores, para além de janelas independentes como se permitia até agora. Para activar um ou outro tipo, utilize a função Ajudas > Janela > Organizar por fichas.
    No menu Aspecto da aplicação pode escolher entre os diferentes estilos: Windows 2000, Office XP, Windows XP, Visual Studio.NET 2005 e Office 2007.

    Menus e teclas aceleradoras totalmente definíveis
    O utilizador pode definir novos menus com as funções mais habituais que necessita, apenas por arrasto das funções ou ícones para o novo menu. Podem criar-se as teclas aceleradoras com total liberdade.

    Janelas ancoradas, flutuantes e ocultáveis
    As janelas auxiliares do programa (planos, pórticos, listagens, mensagens…), podem ser ancoradas, flutuantes e ocultáveis:

    Novas mensagens de ajuda em cada função e ícone
    Posicionando o rato sobre as funções e ícones obtém-se uma mensagem longa de ajuda sobre o significado de cada função ou cada ícone. Juntamente com o ícone, aparece o nome da função e as suas teclas aceleradoras.

    Novos módulos T-Connect.3 e T-Connect.4, ligações de perfis ocos
    Com a versão 7.1 aparecem dois novos módulos de T-Connect:

    * T-Connect-3, para o cálculo de ligações em treliças entre perfis ocos rectangulares e quadrados, tanto enformados a frio como laminados a quente, de acordo com a norma EN 1993-1-8:2005.
    * T-Connect-4, para o cálculo de ligações em treliças entre perfis ocos circulares, tanto enformados a frio como laminados a quente, de acordo com a norma EN 1993-1-8:2005.

    Complementa-se com estes dois novos módulos os já existentes T-Connect.1, perfis em ‘I’ ligações soldadas e T-Connect.2, perfis em ‘I’ ligações aparafusadas.

    Realiza-se o cálculo de ligações de nós com diferentes geometrias: em T, Y, K, N, X e KT. Imprimem-se os desenhos de execução de cada nó com a indicação das soldaduras necessárias. Os novos módulos T-Connect.3 e T-Connect.4 podem utilizar-se de forma integrada no menu de Tricalc ou como aplicação independente de cálculo de nós. É possível recuperar os esforços das estruturas calculadas com Tricalc Pórticos.

    T-Connect, cálculo da rigidez da ligação. Gráfico Momento-Rotação
    Os gráficos Momento – Rotação representam a rigidez de uma ligação ao relacionar o momento actuante na ligação com a rotação relativa, produzido entre a barra unida e a ligação em relação à situação inicial de ausência de esforços. Estes valores de rigidez podem utilizar-se no cálculo de esforços e também pode definir-se directamente na ligação o seu gráfico respectivo.

    Tipos de ligação em barras: Ligações elásticas
    A definição do tipo de ligação nos nós de uma barra, no caso de ligações elásticas inclui a possibilidade de definir a rigidez por percentagem e também a possibilidade de utilizar o gráfico momento-rotação da ligação em cada nó.

    Ao seleccionar a opção Elástico-Elástico nos tipos de ligação de uma barra e seleccionar o botão Valores…, aparece uma caixa de diálogo como a da figura. Também é possível definir a rigidez da ligação como uma percentagem entre 0% (articulação) e 100% (ligação rígida), como em versões anteriores à 7.1, é possível definir a rigidez da ligação através de gráficos Momento – Rotação, activando a opção correspondente.

    Se os valores do gráfico Momento-Rotação não se obtêm de T-Connect é possível definir o gráfico directamente em Tricalc, introduzindo diferentes pontos que a definem.
    Indeformabilidade das lajes horizontais como opção particular
    Até agora era possível indicar que todos ou nenhuma das lajes (aligeiradas, maciças, fungiformes, lanços de escadas ou lajes de fundação) se comportam como indeformáveis no seu plano. Com a versão 7.1 é possível também decidir em cada laje horizontal se esta se comporta ou não como indeformável no seu plano, como opção particular. Esta opção permite, por exemplo, considerar todas as lajes horizontais indeformáveis no seu plano excepto o da cobertura, em que se define uma acção de temperatura na sua face superior (que é a que está exposta à acção meteorológica), que pode ser calculada nesta versão 7.1.

    Acções de temperatura em lajes e paredes
    É possível definir acções de temperatura em lajes maciças, fungiformes, escadas / rampas, lajes de fundação e paredes resistentes. Estas acções podem ser constantes em toda a laje ou parede, ou podem definir-se num determinado polígono. Para isso definem-se duas diferenças de temperatura (positiva para dilatação, negativa para contracção), uma para cada face da laje ou parede, sendo possível estudar também o efeito que se produz quando cada face, superior e inferior nas lajes ou exterior e interior nas paredes, tem diferentes temperaturas.

    Retracção do betão-Juntas de dilatação
    As acções de temperatura em lajes podem utilizar-se para modelar o fenómeno da retracção no betão.
    Indicam-se exemplos na documentação, seguindo a norma espanhola EHE-08, de como calcular os valores de incremento da temperatura a introduzir em Tricalc, para considerar os efeitos de retracção, em função do tipo de laje e do betão utilizado. Analisando o fenómeno da retracção, podem considerar-se juntas de dilatação com distâncias maiores que as recomendadas ou até não utilizar juntas de dilatação.
    Tabela 39.7c-EHE08(Espanha). Valores da retracção (10-6) para fck = 30 MPa

    Naves: acções de vento interior e acção tangencial
    Nesta nova versão apresenta-se a possibilidade de considerar naves automaticamente, tanto com acções por vento interior, como com acções de vento tangencial. Os valores que se introduzam são independentes para cada direcção de vento e podem ser introduzidos nas caixas de diálogo que aparecem ao seleccionar cada uma das citadas direcções.

    Naves: Tirantes automáticos
    Existem duas novas opções na função Nave que permitem indicar se os contraventamentos laterais e/ou os contraventamento em coberturas, se deseja que tenham ou não a condição de tirantes: opção “Considerar como tirante”.

    Se possuírem a condição de tirantes e se realizar um cálculo por 2ª ordem, disponível desde a versão 7.0, estes contraventamentos não suportarão compressões nas combinações de 2ª ordem estudadas.

    O programa realiza um cálculo por 2ª ordem consistente ao eliminar os tirantes submetidos à compressão da matriz de rigidez da estrutura, em cada uma das combinações analisadas.
    Dimensionamento em 2ª Ordem de elementos e ligações
    Na versão 7.0 implementou-se pela primeira vez o cálculo de esforços por 2ª Ordem geométrico (considerando a posição das acções na posição deformada da estrutura). Os resultados desse cálculo podiam utilizar-se para os resultados de esforços (deslocamentos, rotações, axial, transversos e momentos) e o dimensionamento de barras (de betão, aço ou madeira). Nesta versão 7.1 amplia-se a utilização dos resultados de esforços de 2ª Ordem para o dimensionamento de lajes maciças, fungiformes, escadas – rampas, lajes de fundação, paredes resistentes, sapatas, maciços de estacas, lintéis de fundação e ligações de barras de aço com T-Connect.
    Como consequência, nas opções de instabilidade (encurvadura) de muros resistentes, função Cálculo > Paredes Resistentes > Opções é possível indicar opções diferentes para as combinações de primeira ordem, do que para as combinações de 2ª ordem:

    Bloqueio de armaduras de pilares, vigas e diagonais
    Uma vez calculadas as armaduras das barras de uma estrutura é possível bloquear (ou desbloquear) a armadura dos pórticos, pilares ou barras fora do pórtico que se deseje, de forma que não varie a armadura destes elementos, mesmo que se volte a calcular a armadura da estrutura. Desta forma é possível preservar os retoques realizados na peritagem.

    Bloqueio de zonas de armadura em lajes
    Nova opção de bloqueio de zonas de armadura, aplicável a zonas de armaduras de lajes maciças e fungiformes. Uma zona bloqueada não será modificada mesmo que se recalcule a armadura da laje ou toda a estrutura. No ecrã aparecerá um cadeado em cor vermelha sobre a zona da armadura indicando que está bloqueada.

    Distribuição da armadura em Zonas
    Nesta versão é possível definir zonas na armadura inferior de lajes fungiformes aligeiradas, mas nesse caso, a separação entre armaduras é sempre a distância entre nervuras. Nas opções de zonas é possível agora definir uma distância mínima, distância máxima e um módulo de distância (que não afecta as zonas de armadura inferior de lajes fungiformes aligeiradas, onde a distância é sempre a distância entre nervuras). A opção Definir graficamente>> permite definir directamente no desenho os limites de cada zona. Com estas opções consegue-se aumentar a velocidade no retoque de desenhos de lajes.

    Medições: estruturação em capítulos
    Criou-se um novo separador Capítulos que permite definir os códigos de capítulos de cada base de preços suportada e assim organizar as medições em capítulos e artigos ao exporta-las para os programas de orçamentação da Arktec (Gest, GestCon e Constructo) ou para qualquer outro programa de orçamentos compatível com a FIEBDC-3.

    Medição detalhada de lajes maciças e fungiformes
    No separador correspondente a Lajes fungiformes aligeiradas-Maciças, existe uma nova opção que permite obter a medição detalhada (betão, armaduras, cofragens, moldes e betão de limpeza), ou só a superfície da laje, como em versões anteriores. Todas as medições de uma estrutura devem ter a mesma opção de detalhar ou não as medições.

    Novos relatórios
    De forma progressiva serão incorporados novos relatórios em formato PDF. Nesta versão incluem-se os relatórios de Dados de Cálculo e Medição.

    Mais prestações:
    Pré-visualizar a estrutura antes de extrair, directamente do ficheiro em formato ZIP.
    Nova caixa de selecção da impressora, standard de Windows.
    Colar + Girar agora permite várias cópias.
    Modificação de lajes aligeiradas e consideração automática do seu novo peso próprio.
    Introdução de lajes sem plano definido. O plano activa-se com os 3 primeiros pontos introduzidos.
    Dimensões mínimas de maciços de encabeçamento de estacas, alterando-se o critério de pré-dimensionamento para optimizar as suas dimensões.
    Novas possibilidades em placas de ancoragem, agora é possível colocar placas sobre pilares, vigas e muros de betão. Também é possível utilizar rigidizadores com placas excêntricas posicionadas à face ou canto.
    Estratos Gerais da Estrutura, utilizáveis para o cálculo de paredes.
    É possível a introdução de vários estratos em acções de terreno de muros de cave e paredes resistentes.
    Graficos de esforço axial com códigos de cor, para tracção e para compressão.
    Betão de limpeza em vigas de fundação, agora realiza-se a sua medição. Novo critério para os comprimentos de ancoragem dos lintéis de fundação.

  4. jj

    obrigado a todos, muito útil

  5. ALDA M

    É O MEU PROGRAMA DE CÁLCULO E DIMENSIONAMENTO PREFERIDO. PARA MIM É SEM DÚVIDA O MELHOR

  6. Luis

    Melhorem a assistência…é de bradar aos céus, isto sem falar na formação.

  7. Virgilio

    tenho o tricalc e tanto o curso inicial como a assistência têm sido 5 estrelas…impca´veis desde o ínicio inclusive qundo as duvidas por vezes são mais de engenharia do que do progrma…só é pena os cursos práticos serem pagos pelo qque prefiro ir às sessões de esclarecimento de dúvidas que realizam todas as sextas para colocar ‘in loco’ as dúvidas e aprender mais quleur coisa 😉

  8. santana

    O melhor programa de dimensionamento em língua portuguesa, ponto final.
    Muito superior a cypes, robots e afins

  9. Isaurindo Furtado

    Estou no início e sentindo algumas dificuldades mas a assistência é fantástica e tiram-me as dúvidas automáticamente.

    Agradecido.

  10. Guto

    Tem como transporta arquivo em dwg????

  11. LEONARDO

    Olá eu gostaria de saber como posso mudar o idioma para espanhol programa Tricalc Português

  12. Rodrigues

    Olá,
    A minha experiência no Tricalc resume-se apenas à parte das estruturas metálicas. Comecei a utilizar este software muito recentemente pelo que ainda tenho muitas dúvidas. Por exemplo, considerando uma torre metálica, no cálculo dá a sensação que os esforços não são transmitidos aos perfis do contraventamento…no final da “optimização” ficam sistematicamente definidos com o menor tamanho da série pré-dimensionada.

  13. Rodrigues

    Como faço para extrair os “dados de cálculo” para um pdf um word? Consigo vê-los na janela >resultados>Listagens>dados de cálculo mas não dá para copiá-los para um documento?

  14. Edson Luiz de Oliveira

    O programa é muito bom. Mas eu preciso de uma licença sem restrições para os cálculos e gratuíta (tipo crack para demo tricalc 7.4)

  15. Rita

    Edson, não vai encontrar esse tipo de material aqui no site. Sugiro que adquira uma licença do software junto da Arktec: http://www.arktec.com/

  16. João Andrade

    Experimentei a versão grátis, mas não consegui activar “novo plano” em: ajuda – desenho raster – desenho – novo plano. esta opção está sempre inactiva? Alguém sabe activa-lo?

    obrigado
    meu email: jandradereis@gmail.com

  17. Alexandrina

    Olá, tenho a mesma duvida do Joao andrade, conseguem me ajudar.
    Obrigado.
    email: alexandrinaesteves@gmail.com

Comentar

* Obrigatório