Estruturas que Mudam de Forma Desenvolvidas por Investigadores Espanhóis

16 Março, 2015.

Estruturas que Mudam de Forma Desenvolvidas por Investigadores Espanhóis

Uma equipa de investigadores do Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC) está a estudar aplicações dos Polímeros com Memória de Forma (SMP) à construção de estruturas adaptativas. Estas estruturas têm a capacidade de assumir diferentes configurações e de voltar à forma original sem intervenção mecânica ou humana.

O sistema estrutural em estudo reage a determinados estímulos e muda a sua configuração em função de parâmetros transformativos pré-definidos, respeitando os limites espaciais impostos.
As estruturas desenvolvidas são constituídas por elementos modulares fabricados com Veritex, um material SMP compósito, sendo capazes de se deformar sob ação de calor e voltar à sua forma original quando o estímulo é retirado.

Os investigadores concluíram, durante o processo de conceção e dimensionamento, que a estrutura ideal, para demonstrar em pleno as capacidades da tecnologia, seria constituída por elementos triangulares e teria a capacidade de se dobrar sobre si própria.
No protótipo, o calor foi aplicado uniformemente, através do embebimento de cabos térmicos nas barras e ligações da estrutura.

Os ensaios realizados demonstraram a eficiência do sistema e a sua capacidade transformativa quando sujeito a diferentes temperaturas. A abordagem adotada reveste-se também de elevado potencial de aplicação à construção de edifícios reais adaptativos e inteligentes.

Fonte, Vídeo e Imagens (adaptadas): via Efilena Baseta – Translated Geometries




Outros artigos interessantes:




2 Comentários a Estruturas que Mudam de Forma Desenvolvidas por Investigadores Espanhóis

  1. Universidades Britânicas Estão a Tentar Criar um Betão Eterno | EngenhariaCivil.com

    […] funciona a uma escala macroscópica. Consiste no uso de tendões plásticos, mais conhecidos como Polímeros com Memória de Forma (SMP) que respondem às variações de temperatura, sendo capazes de assumir diferentes […]

  2. Investigadores Alemães Desenvolvem Sistema Inteligente de Proteção de Fachadas Envidraçadas | EngenhariaCivil.com

    […] de se adaptarem, de forma autónoma, à intensidade dos raios de sol. A tecnologia faz uso de elementos com memória de forma, que requerem apenas a energia térmica do sol para […]

Comentar

* Obrigatório