Investigadores Alemães Desenvolvem Sistema Inteligente de Proteção de Fachadas Envidraçadas

22 Abril, 2015.

Investigadores Alemães Desenvolvem Sistema Inteligente de Proteção de Fachadas Envidraçadas

Uma equipa conjunta do Instituto Fraunhofer de Maquinação e Tecnologias Metalúrgicas (IWU), sediada em Dresden e do Departamento de Design de Têxteis e Superfícies da Escola de Arte Weissensee, em Berlim, está a desenvolver componentes de fachada inteligentes com a capacidade de se adaptarem, de forma autónoma, à intensidade dos raios de sol. A tecnologia faz uso de elementos com memória de forma, que requerem apenas a energia térmica do sol para funcionarem.

O sistema, criado através do trabalho conjunto de engenheiros e designers pretende reduzir os enormes consumos energéticos decorrentes do funcionamento dos ares-condicionados para o controlo da temperatura, em edifícios com fachadas envidraçadas.

O protótipo desenvolvido pelos investigadores é constituído por uma matriz de 72 elementos de tecido em forma de flor. Cada um destes elementos possui no seu interior um conjunto de atuadores fabricados com uma liga metálica de níquel-titânio com memória de forma. Estes materiais têm a capacidade de voltar à sua forma original quando expostos a uma fonte de calor.

Os elementos de tecido podem ser colocados no extradorso dos painéis envidraçados ou protegidos entre camadas de vidro.
Quando a fachada aumenta de temperatura por ação do sol, os atuadores são ativados e assumem a sua posição original, fazendo com que os elementos de tecido se abram e impeçam que os raios solares penetrem no interior dos compartimentos.
Assim que os raios solares deixam de incidir na fachada e a temperatura desta desce, os atuadores fazem com que as “flores” de tecido voltem a fechar.

A tecnologia, que foi dimensionada para poder ser utilizada nas grandes superfícies envidraçadas, planas ou curvas, dos modernos arranha-céus, pode ser facilmente aplicada a edifícios existentes, uma vez que não exige que os painéis envidraçados sejam retirados ou substituídos.
Além disso, os elementos podem ter diferentes geometrias além da forma em flor, como em favo de mel ou em triângulo, o que possibilita uma mais fácil integração estética no edifício.

Fonte: Fraunhofer IWU | Imagem (adaptada): Bára Finnsdóttir – Weißensee School of Art Berlin via Fraunhofer IWU




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Investigadores Alemães Desenvolvem Sistema Inteligente de Proteção de Fachadas Envidraçadas

  1. Investigadores alemães fabricam vidro electrocrómico para construção com propriedades surpreendentes | EngenhariaCivil.com

    […] desenvolveram um novo processo de fabrico de painéis de vidro electrocrómico, que permite obter elementos envidraçados capazes de mudanças de fase […]

Comentar

* Obrigatório