Companhia Norte-Americana Desenvolve Nova Geração de Blocos de Alvenaria Ecológicos

28 Janeiro, 2014.

Blocos de Alvenaria Ecológicos

A empresa norte-americana Watershed Materials revelou recentemente a sua mais recente criação na área dos materiais de construção com baixa pegada ecológica. O Watershed Block é um bloco para alvenaria fabricado sem incorporação de cimento Portland corrente, recorrendo unicamente a terra e agregados reciclados.

Estes blocos ecológicos são obtidos através de um processo proprietário de litificação, que permite a fusão das partículas de solo e do agregado num material resistente e durável. A união dos diferentes componentes é conseguida através de um método que imita o processo geológico de formação natural de rochas sedimentares, pela aplicação de forças de elevada intensidade com equipamento de compressão de funcionamento hidráulico.

Apesar de ligeiramente mais pesados, estes blocos possuem uma densidade significativamente superior aos blocos de betão de cimento Portland, o que possibilita um superior desempenho térmico e melhorada capacidade de isolamento acústico.
A sua durabilidade e resistência mecânica são muito similares aos blocos de betão correntes.

Ao contrário da inestética superfície rugosa de cor cinzenta dos blocos de betão correntes para alvenaria, os blocos Watershed possuem uma superfície mais lisa, em tons de terra, o que permite a sua utilização a nu em edificações, sempre que o projeto arquitetónico o necessite e as exigências construtivas o permitam.

Muito devido à sua recente introdução no mercado, os blocos Watershed têm, dependendo da formulação, um preço 15% a 20% superior ao dos blocos de betão.

Fonte: Watershed Materials
Imagens: via Watershed Materials




Outros artigos interessantes:




4 Comentários a Companhia Norte-Americana Desenvolve Nova Geração de Blocos de Alvenaria Ecológicos

  1. Hugo Gonçalves

    Se é “ligeiramente mais pesado” então o peso próprio da estrutura aumenta, o que pode obrigar a um dimensionamento mais exigente… É vantajoso por servir de acabamento final e garantir um bom comportamento térmico. Em alvenaria exterior um sistema ETICs também garante estes dois aspetos.

    O Ytong também é amigo do ambiente, os seus desperdícios são recicláveis, é super leve, pode ser facilmente cortado, tem boas propriedades acústicas, etc… Não sei porque é tão pouco utilizado…

  2. Susana Costa

    Hugo Gonçalves, infelizmente os blocos de Ytong apresentaram alguns problemas nos primórdios da sua introdução em portugal, daí o “mau nome” e a fraca adoção nos anos recentes. Também julgo que a questão não está na reciclabilidade (hoje em dia quase tudo é reciclável), mas na energia gasta e emissões libertadas durante o seu fabrico.

  3. Instituto Superior Técnico Promove Curso de Construção Sustentável com Terra Crua | EngenhariaCivil.com

    […] Nos próximos dias 11 e 18 de Outubro realiza-se no Departamento de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, o curso Digital Earth – Fabricação Digital de Blocos de Terra Para a Construção. Dirigida a Engenheiros Civis e Arquitetos, esta ação de formação centrar-se-á nas técnicas de construção sustentável com terra crua e nos meios de fabrico de blocos para a construção. […]

  4. Malásia Cria Betão Estrutural Ambiental Para Uso Generalizado nas Obras do País | EngenhariaCivil.com

    […] mais amigo do ambiente que está a começar a ser aplicado em várias obras do País. O novo material de construção ecológico, designado “betão de mistura-verde” é caracterizado por uma elevada percentagem de […]

Comentar

* Obrigatório