Betão Estrutural Reforçado com Fibras Metálicas de Latas de Refrigerantes

1 Junho, 2015.

Betão Estrutural Reforçado com Fibras Metálicas de Latas de Refrigerantes

No âmbito dos programas nacionais de incentivo à construção sustentável, promovidos pelo Governo da Malásia, a Faculdade de Engenharia Civil da Universidade de Tecnologia MARA (UiTM) desenvolveu um betão estrutural mais amigo do ambiente que está a começar a ser aplicado em várias obras do País. O novo material de construção ecológico, designado “betão de mistura-verde” é caracterizado por uma elevada percentagem de integração de resíduos.

Este inovador betão estrutural é fabricado recorrendo a cinzas volantes, um subproduto das centrais termoelétricas a carvão e agregados reciclados de betão. O seu reforço é efetuado com fibras de alumínio, provenientes da reciclagem de latas de refrigerantes – um resíduo altamente problemático na Malásia.

De acordo com investigadores da UiTM, o novo betão estrutural é significativamente mais barato que o betão convencional com cimento Portland Normal e possui uma resistência 30% superior. A sua produção tem igualmente uma pegada ecológica inferior à do betão corrente.
Além disso o seu fabrico está associado à redução, reutilização e reciclagem de subprodutos industriais, que de outra forma acabariam em aterros.

De forma a incentivar o uso dos novos materiais ambientais produzidos no país, o Governo da Malásia instituiu o índice de sustentabilidade GBI (“green building index“) que permitirá incentivar a construção sustentável, distinguindo edifícios e outras estruturas que recorram a tecnologias ecológicas.

Fonte: UiTM | Imagem (adaptada-ilustrativa): via Sika




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Betão Estrutural Reforçado com Fibras Metálicas de Latas de Refrigerantes

  1. Jose

    Boa Noite, como faço para ter acesso às referencias usadas em uma noticia de vcs? Preciso saber as referências detalhadas para uma pesquisa.

Comentar

* Obrigatório