Autoestrada Inteligente no Reino Unido Evitará Congestionamentos Rodoviários

31 Outubro, 2013.

Autoestrada Inteligente no Reino Unido

A autoestrada A41 que liga Felixstowe a Birmingham, uma das mais congestionadas do Reino Unido, deverá ser, dentro de pouco tempo a primeira estrada inteligente do país, com ligação permanente à Internet e capacidades de monitorização e regulação do tráfego. O Departamento de Transportes do Reino Unido, a multinacional de serviços de telecomunicações, BT Group e a start-up Neul, sediada em Cambridge são os responsáveis pelo desenvolvimento do sistema, que tem como principal objetivo a preparação das infraestruturas viárias do país para veículos de condução autónoma e portagens automáticas, entre outras capacidades.

O projeto piloto, que será aplicado num troço de 80 quilómetros da A41, incluirá um conjunto de sensores instalados ao longo da autoestrada. Estes sensores permitirão a monitorização, com elevado grau de fiabilidade, das condições de circulação e a transmissão desses dados a uma central de gestão de tráfego, que automaticamente imporá, através de sinalização vertical de informação variável, limites de velocidade que permitirão limitar a ocorrência de engarrafamentos.

O sistema comunicará também diretamente com viaturas que possuam dispositivos de controlo eletrónicos com capacidades de comunicação sem fios. O projeto prevê, num prazo de apenas dois anos, que estes chips passem a ser obrigatórios em todas as viaturas que circulam no Reino Unido, o que permitirá, entre outros, a informação a bordo das condições de tráfego e, quando necessário, o controlo remoto da velocidade do veículo.
Esta particularidade do sistema levanta, naturalmente, questões de privacidade, desagradando potencialmente a muitos dos condutores britânicos.

O projeto de cerca de 1500 milhões de euros fará uso de um espectro de frequências de transmissão de dados diferente do adotado pelos telemóveis correntes (embora numa fase inicial esteja prevista o aproveitamento da rede de móvel já existente), o que permitirá uma maior rapidez e fiabilidade na comunicação entre dispositivos e no acesso à Internet ao longo da A41.

Fonte: The Guardian
Imagens: Nigel Cox via Wikimedia




Outros artigos interessantes:




4 Comentários a Autoestrada Inteligente no Reino Unido Evitará Congestionamentos Rodoviários

  1. Manutenção e Reparação de Estruturas no Porto de Lisboa | EngenhariaCivil.com

    […] a Engenheiros Civis e outros profissionais envolvidos na gestão da manutenção e reparação de infraestruturas de transporte, em particular de infraestruturas […]

  2. Imagem do Dia: Rodovia dos Bandeirantes no Brasil | EngenhariaCivil.com

    […] Bandeirantes é uma das mais belas infraestruturas rodoviárias do Brasil, sendo uma das primeiras autoestradas de seis vias a ser construída no país. Localizada no estado de São Paulo, estende-se ao longo de […]

  3. IRF Promove Curso de Formação Certificada em Segurança Rodoviária | EngenhariaCivil.com

    […] rodoviária internacional, incidindo sobre a auditoria de segurança em estradas, segurança em obras rodoviárias, segurança na operação e manutenção viária, gestão de tráfego e conceção de estradas mais […]

  4. Imagem do Dia: Melbourne vai ter a Primeira Autoestrada Elevada para Bicicletas | EngenhariaCivil.com

    […] primeira fase, as estações de Flinders Street e Southern Cross e permitirá aos utentes evitar os congestionamentos rodoviários daquela zona da cidade. A infraestrutura será executada com materiais sustentáveis e de baixo […]

Comentar

* Obrigatório