Aplicação de tecnologias de “big data” na otimização da manutenção de pavimentos rodoviários

27 Julho, 2016.

Aplicação de tecnologias de "big data" na otimização da manutenção de pavimentos rodoviários

O Hub de Sustentabilidade do Betão (CSHub) do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) está a estudar novas formas de reduzir as emissões de gases poluentes em redes rodoviárias através da otimização do âmbito das intervenções de manutenção de pavimentos rodoviários, com base em tecnologias de “big data.

Os sistemas de “big data” a que o MIT recorreu permitem, com base num conjunto massivo de dados referentes às características físicas e de desempenho das estradas, identificar trechos específicos onde intervenções localizadas de reabilitação e manutenção podem ter um maior impacto.

Os investigadores do CSHub aplicaram os novos conceitos, no âmbito de um projeto piloto, numa extensão de mais de 8 mil quilómetros da rede de estradas nacionais do Estado da Virgínia.
O estudo permitiu concluir que a opção por intervenções de manutenção em curtas extensões de estrada e apenas nas vias mais degradadas, conduz a uma redução, de elevada significância, dos impactos ambientais globais.

Com efeito, a análise avançada de “big data” realizada pelo MIT mostrou claramente que a intervenção em apenas 1.5% da extensão da rede de estradas conduziu a uma redução de 10% das emissões de gases de efeito de estufa a nível estatal.

Os sistemas utilizados permitem modelar, entre outras dinâmicas, a interação entre as rodas e o pavimento, possibilitando a análise de resultados em diferentes condições climatéricas, com tipos distintos de cargas de tráfego e variabilidade sistemática das misturas betuminosas usadas em camadas de desgaste.
Têm igualmente em conta o impacto que as características de rigidez e regularidade do pavimento têm no consumo de combustível das diferentes classes de veículos.

Por integrarem dados provenientes de diferentes agências norte-americanas de estradas, os sistemas permitem que os resultados locais possam ser extrapolados e aplicados em programas de intervenção de âmbito estatal ou nacional.

O estudo do Hub de Sustentabilidade do Betão do Instituto de Tecnologia de Massachusetts foi conduzido com o apoio da Associação de Cimento Portland (PCA) e da Fundação para a Educação e Investigação de Betão Pronto.

Fonte: MIT | Imagens (adaptadas): via Wirtgen




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório