Sistema Inovador de Inspeção e Gestão de Estradas Desenvolvido em Portugal

18 Julho, 2014.

Sistema Inovador de Inspeção e Gestão de Estradas Desenvolvido em Portugal

Um sistema integrado de inspeção, caracterização e gestão da manutenção de vias de comunicação, desenvolvido em Portugal, poderá mudar a forma como as estradas são inspecionadas e geridas. O Inpav é um sistema modular, portátil e de baixo custo, que utiliza tablets ou telemóveis para a recolha de dados sobre o estado de conservação dos diferentes elementos da estrada, posicionamento e comunicação, permitindo, entre outros, o acompanhamento em tempo real da progressão dos trabalhos de inspeção.

O software do sistema Inpav permite ao técnico que efetua a inspeção, a bordo de uma viatura ou deslocando-se a pé, através de um vulgar tablet ou telemóvel, o registo das patologias dos pavimentos, do estado das guardas de segurança, da sinalização rodoviária, localização e tipo de órgãos de drenagem, singularidades e características geométricas da faixa de rodagem bem como das restantes componentes da estrada.

O sistema, começou a ser desenvolvido pelo Eng. Nuno Verdelho Trindade em 2006, tendo sido criado um protótipo em 2009. Foi amplamente testado em campo e publicado e apresentado em diferentes eventos, incluindo o Congresso Mundial de Estradas em 2010, sendo adaptado e melhorado nos últimos anos. A sua comercialização iniciar-se-á ainda este ano.
De acordo com o Engenheiro Civil, a componente crítica do sistema, cujo desenvolvimento requereu um longo processo de investigação, é a sua capacidade de posicionamento avançada, sem a qual o equipamento não seria mais que um bloco de notas digital, sem vantagens efetivas sobre os métodos tradicionais de inspeção. Segundo o mesmo, o posicionamento direto através de dispositivos comerciais de GPS, não é adequado para a inspeção detalhada de pavimentos rodoviários ou de outros elementos da faixa de rodagem, uma vez que aqueles não possuem precisão ou fiabilidade suficiente para um posicionamento correto, com erros que podem chegar às dezenas de metros.
Em vez de se basear unicamente nos dados GPS, o Inpav faz uso uma série de algoritmos que lhe permitem prever, com base no desenvolvimento característico da faixa de rodagem e dos pontos já registados, a localização e a quilometragem atuais. O utilizador pode visualizar a posição de uma determinada ocorrência sobre uma imagem georreferenciada ou através dos mapas do Google e, caso a localização não seja precisa, corrigi-la visualmente através de um simples movimento de drag and drop.

Um dos maiores desafios foi a garantia de fiabilidade de posicionamento em nós de ligação, dada a sua heterogeneidade geométrica. Para isto, o software recorre, de forma inteligente, a uma vasta biblioteca geométrica de curvas, que minimiza a intervenção do utilizador na correção manual da sua posição ou da posição da degradação detetada.

Para fazer face ao variado conjunto de situações com que o técnico se pode deparar em campo, o software pode funcionar em modo de registo manual, sem recurso ao sinal de GPS. Por exemplo em zonas montanhosas ou em túneis poderá utilizar-se um posicionamento manual, temporário ou definitivo, da quilometragem.
Além disso as listas de degradações, patologias e ocorrências e menus utilizados são completamente personalizáveis, o que permite que o técnico não necessite de modificar as metodologias de inspeção que sempre utilizou.
Por exemplo, para o levantamento de patologias de pavimentos rodoviários, o utilizador pode configurar o software para registar o tipo de degradação, a sua severidade, orientação, extensão, etc.
O software inclui coleções de algumas das mais utilizadas metodologias de inspeção, como por exemplo o “Strategic Highway Research Program” (SHRP) ou o “Catálogo de Degradações dos Pavimentos Rodoviários Flexíveis” para o caso dos pavimentos.

O módulo móvel para utilizar em campo é apenas uma das componentes do sistema Inpav, que integra uma interface Web para acompanhamento e coordenação em tempo real da posição dos técnicos de inspeção e receção dos dados das ocorrências registadas (incluindo fotografias, vídeos e outros ficheiros de média).

Faz também parte do sistema, software para PC que permite a gestão e visualização dos dados recolhidos em campo, geração automática de relatórios de inspeção (relatórios fotográficos, listas de degradações, etc.) e sua integração ou exportação para sistemas de gestão de manutenção rodoviária.

 

Fonte e Imagem (adaptada): Cortesia Inpav via Nuno Verdelho Trindade




Outros artigos interessantes:




2 Comentários a Sistema Inovador de Inspeção e Gestão de Estradas Desenvolvido em Portugal

  1. Federação Internacional de Estradas Discute Avanços no Projeto de Pavimentos Flexíveis | EngenhariaCivil.com

    […] Federação Internacional de Estradas (IRF) organiza, durante o dia de amanhã, o seminário online Avanços em Pavimentos Flexíveis. Este “Webinário” será apresentado pelo Dr. Shane Underwood, da Universidade Estatal […]

  2. Sistemas de Inventário Urbano e Rodoviário em Sessão Técnica da Ordem dos Engenheiros | EngenhariaCivil.com

    […] da Região Centro da OE, em Coimbra, a sessão técnica Serviços de Cartografia Acelerada para Inventário Urbano e Rodoviário. A sessão centrar-se-á na apresentação de tecnologias inventário e cartografia acelerada de […]

Comentar

* Obrigatório