Engenheiros Civis Britânicos Estão a Criar a Ferrovia do Futuro

8 Junho, 2015.

Engenheiros Civis Britânicos Estão a Criar a Ferrovia do Futuro

O Concelho de Pesquisa em Engenharia e Ciências Físicas (EPSRC) está a financiar, no Reino Unido, um ambicioso programa de investigação de 8.5 milhões de libras que visa o desenvolvimento de soluções para a ferrovia do futuro, que se pretende que seja mais silenciosa, durável e barata que a atual. O programa “Via Ferroviária Para o Futuro” (T2F) envolve os Departamentos de Engenharia Civil das Universidades de Nottingham, Southampton, Birmingham e Huddersfield.

O T2F incidirá sobre a redução dos custos de construção e manutenção e os impactos ambientais, incluindo o ruído e a vibração. Abordará igualmente as questões mais problemáticas de controlo e gestão da infraestrutura numa perspetiva global, nomeadamente através do uso de ferramentas e técnicas analíticas avançadas que integrarão os modelos de comportamento com as áreas da geomecânica, vias ferroviárias e dinâmica dos veículos.

Neste âmbito os investigadores do programa estabeleceram três objetivos prioritários para a ferrovia do futuro. O primeiro desses objetivos é o desenvolvimento de sistemas ferroviários de baixa manutenção e elevada durabilidade, com materiais sustentáveis e otimizados para minimizar os custos de ciclo de vida.
O segundo é a criação de metodologias de dimensionamento de interseções e transições que permitam otimizar o comportamento dos veículos ferroviários e a resistência a danos.
Finalmente o último objetivo prioritário é o desenvolvimento de uma abordagem integrada ao dimensionamento de vias ferroviárias de baixo ruído e vibração.

Além das quatro universidades britânicas o programa T2F para a ferrovia do futuro conta também com o apoio de associações e empresas privadas e públicas, como a Network Rail, Consolis SBC Rail, FutureRailway,  HS2, London Underground, Pandrol, Progress Rail Services (UK), Railway Industry Association, RSSB (Rail Safety and Standards Board), Tata Steel e URS.

Fonte e Imagens (adaptadas): Track to the Future




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório