Como funciona a cavitação hidráulica

27 Junho, 2018.

Como funciona a cavitação hidráulica

Um novo vídeo do canal Practical Engineering explica o modo de funcionamento da cavitação, um fenómeno de grande importância em Engenharia Civil, particularmente pela sua influência, potencialmente negativa, em órgãos de sistemas hidráulicos, como turbinas de barragens.

De acordo com o Dicionário de Engenharia Civil, a cavitação é um fenómeno hidrodinâmico que ocorre quando num líquido em movimento, à temperatura ordinária, a pressão estática em qualquer ponto desce até ao valor da tensão do vapor à mesma temperatura, formando-se cavidades.
O líquido vaporiza-se, formando-se uma mistura heterogénea das fases liquida e gasosa. Esta formação de vapor resulta da propriedade da água se poder vaporizar a uma pressão relativamente baixa às temperaturas normais. Além da formação do vapor, o abaixamento da pressão provoca a libertação dos gases dissolvidos na água.

No vídeo da Practical Engineering é possível acompanhar o projeto e construção de um modelo de um Tubo de Venturi, um dispositivo criado por Giovanni Battista Venturi no século XVIII para medir diferentes parâmetros hidráulicos em escoamentos sob pressão.
É também abordado, nesse âmbito, o Princípio de Bernoulli de dinâmica dos fluidos, que afirma, de uma forma simplificada, que o aumento da velocidade de um fluido ocorre em resultado da redução da pressão ou da energia potencial.

É feita uma reflexão sobre os efeitos negativos da cavitação, nomeadamente em tubagens de sistemas de adução e distribuição e em pás de turbinas hidráulicas. São igualmente realçados os aspetos positivos da cavitação e a forma como esta pode ser aproveitada no funcionamento de um conjunto alargado de dispositivos industriais.

Fonte: EngenhariaCivil.com; Practical Engineering | Imagens (adaptadas): EngenhariaCivil.com; via Reuters




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório