Holandeses constroem canal de ondas e corrente com 300 metros de comprimento

30 Outubro, 2015.

Holandeses constroem canal de ondas e corrente com 300 metros de comprimento

Demorou mais de três anos a ser construído e é um dos maiores canais de ondas e corrente do mundo para ensaios laboratoriais, em escala real, na área da hidráulica. Com um comprimento de 300 metros, largura de 5 metros e altura de 9.5 metros, o “Delta Flume”, localiza-se em Delft, na Holanda, nas instalações do Instituto de Investigação Deltares, tendo uma capacidade para nove milhões de litros de água.

O sistema permite a geração de ondas com altura máxima de 4.5 metros e a modelação física, em escala real ou próxima do real.
Devido ás suas dimensões, possibilita a diminuição ou anulação do chamado efeito de escala, um fator determinante no ensaio de estruturas marítimas e costeiras. Permite também o trabalho com materiais que não são modelados adequadamente em instalações convencionais, tais como areia, argila, cobertura vegetal ou madeira.

O canal é dirigido igualmente ao teste de protótipos de diques, dunas, quebra-mares, proteções de leito, fundações de estruturas marítimas e estruturas offshore tais como parques eólicos.
Permite obter dados muito próximos do real no que diz respeito a revestimentos de alvenaria de blocos, taludes com cobertura vegetal sujeitos à ação de ondas, resistência residual de diques, erosão de dunas, impacto de ondas em paredes verticais, geotubos e geocontentores.

(ver vídeo em fullscreen)

Fonte: Deltares | Imagens (adaptadas): via Deltares | Vídeo: Deltares




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Holandeses constroem canal de ondas e corrente com 300 metros de comprimento

  1. Modelação hidráulica do canal de canoagem dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 | EngenhariaCivil.com

    […] de 2016 no Rio de Janeiro. A modelação física permitiu testar múltiplas variações do projeto do canal e garantir que as especificações técnicas da infraestrutura eram […]

Comentar

* Obrigatório