Tecnologia suíça permite simular ruído do tráfego urbano em fase de planeamento

2 Março, 2016.

Tecnologia suíça permite simular ruído do tráfego urbano em fase de planeamento

O Laboratório Federal Suíço de Ciências dos Materiais e Tecnologia (EMPA) desenvolveu uma nova tecnologia computacional de simulação acústica que permite aos projetistas urbanos ouvirem o ruído do tráfego, a partir de um determinado ponto no espaço, em fase de planeamento.

Isto permite que, ainda antes das vias ou edifícios serem construídos, seja possível prever e otimizar as medidas de atenuação de ruído a adotar.

A tecnologia desenvolvida pelo EMPA tem como base o conceito de auralização que consiste na modelação virtual de uma fonte sonora, do ambiente em que esta se manifesta e a posição do ouvinte.
Embora a auralização seja usada, há alguns anos, na correção acústica de espaços interiores é a sua aplicação ao projeto urbano que tornam a tecnologia do EMPA inovadora.

A simulação exata do ruído do ruído viário é extremamente complexa. Logo à partida é necessário ter em conta fatores como o tipo específico de veículo, as suas características intrínsecas como o motor ou os pneus, a aerodinâmica, a velocidade a que circula, o estilo de condução, o tipo de pavimento rodoviário ou a influência na propagação sonora e reverberação dos edifícios e estruturas envolventes.
Além disso, o modelo computacional tem de ter em conta a interação de diferentes fontes e a forma como o ruído produzido por cada uma dessas fontes se propaga.

O software desenvolvido pelo EMPA tem assim de ter em conta uma quantidade incrível parâmetros que se cifram nos milhares. A variação de apenas um desses parâmetros pode ter repercussões importantes na perceção sonora do ouvinte.

Além disso há fenómenos físicos inerentes à própria propagação que o sistema tem de ter em conta, como por exemplo o Efeito de Doppler ou a absorção aérea do som, entre muitos outros.

O resultado final do modelo de cálculo é a produção de um ficheiro sonoro, que traduz, com exatidão, o ruído que se fará sentir num determinado compartimento de um edifício, no recreio de uma escola ou numa paragem de autocarro.
Com isto, o software do EMPA possibilita o acesso direto do projetista urbano a fatores subjetivos como o quão perturbador ou irritante, o ruído decorrente de determinada configuração espacial, pode ser.

O EMPA divulgou alguns exemplos dos ficheiros de som, para diferentes tipos de veículos e superfícies de pavimento, que podem ser descarregados abaixo.

Som de motor (.WAV)

Som de pneu (.WAV)

Som combinado (motor+pneu) (.WAV)

Circulação sobre pavimento betuminoso corrente (.WAV)

Circulação sobre pavimento betuminoso de baixo ruído (.WAV)

Fonte: EMPA | Imagem (adaptada): via EMPA




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório