Investigadores de Coimbra Desenvolvem Método Inovador de Mapeamento Urbano 3D

25 Maio, 2015.

Investigadores de Coimbra Desenvolvem Método Inovador de Mapeamento Urbano 3D

Dois grupos de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) uniram esforços para estudar novas formas de mapear tridimensionalmente ambientes urbanos. O projeto de investigação, que chamou a atenção da empresa Google, durante um concurso mundial de ideias, está agora a ser financiado pela gigante tecnológica norte-americana.

Carolina Raposo, João Barreto e Gabriel Falcão do Instituto de Sistemas de Robótica e Instituto de Telecomunicações do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (DEEC) da FCTUC são alguns dos investigadores envolvidos no desenvolvimento da tecnologia que, ao contrário dos processos de mapeamento 3D atualmente em uso, como o Google Street View, não está limitada ao ponto de vista do veículo que capturou as imagens.

A tecnologia que começou a ser estudada no início do ano passado, aproveita o facto das informações sobre um mesmo plano poderem ser recolhidas pelas câmaras em posições distantes, permitindo recuperar o movimento.
Isto conduz a uma redução do número de imagens necessárias para a mapeamento 3D de ambientes urbanos. Pelo contrário, os métodos atuais requerem que as imagens sejam adquiridas em posições fisicamente próximas e, consequentemente, necessitam de muito mais informação

A utilização de planos para a descrição da cena e cálculo do movimento da câmara, permite também, em oposição aos métodos existentes, que fazem uso de nuvens de pontos, uma redução significativa da quantidade de dados que é necessário recolher para a geração dos modelos tridimensionais.
Uma vez que o volume de dados gerado é menor, também o tempo necessário à sua transmissão será menor, o que resulta em maiores velocidades na recolha e tratamento da informação.

Os investigadores estão também a implementar arquiteturas de processamento paralelo para reduzir significativamente o tempo de computação, gerando automaticamente os mapas em 3D e armazenando a informação em servidor.

Fonte e Imagens (adaptadas): Reitoria da Universidade de Coimbra via Cristina Pinto – Assessoria de Imprensa




Outros artigos interessantes:




5 Comentários a Investigadores de Coimbra Desenvolvem Método Inovador de Mapeamento Urbano 3D

  1. JAL

    O DEEC na vanguarda da tecnologia. Parabéns aos colegas investigadores

  2. Diana Cabral

    Sistema interessante mas pelo vídeo de demonstração parece-me que ainda tem algumas falhas.
    O facto de utilizar planos em vez de meshes não vai limitar a aplicação do método a tipologias urbanas muito específicas?

  3. marco fernandes

    Pois é isso mesmo diana.
    não encontro grandes detalhes sobre esta “nova” tecnologia mas sinceramente não percebo o interesse do google nisto.
    Acho que o conjunto de concorrentes do tal concurso deviam ser muito fraquinhos para este projeto ter recebido financiamento.

  4. Rais

    Engenharia eletrotécnica (ao contrário de outros departamentos como engenharia civil e engenharia química que são uma nulidade) tem produzido coisas boas em Coimbra, especialmente ao nível da robótica. Esta aplicação não parece realmente ter nada de novo.

    Manobra de marketing da Universidade de Coimbra?

    Era bom se publicassem mais informações sobre o assunto.

  5. Mónica Andrade

    Mais um projeto português a internacionalizar-se! Continuem no bom caminho.

Comentar

* Obrigatório