Sistema Inovador de Comunicação de Dados Entre Veículos Promove o Aumento da Segurança Rodoviária

13 Julho, 2015.

Sistema Inovador de Comunicação de Dados Entre Veículos Promove o Aumento da Segurança Rodoviária

O projeto internacional CoMoSeF (Serviços de Mobilidade Cooperativa do Futuro) visa o desenvolvimento de tecnologias avançadas de comunicação entre veículos para o aumento da segurança rodoviária, melhoria da fluência do tráfego e redução drástica de acidentes e incidentes na estrada. Os sistemas desenvolvidos no âmbito do CoMoSeF funcionam de forma cooperativa, o que significa que são os próprios utilizadores a partilhar grande parte da informação relevante.

O CoMoSeF é composto por dois sistemas complementares que permitem o seu funcionamento tanto a bordo de veículos de transporte público como de veículos privados, bem como a gestão remota de toda a informação. Estes dois sistemas são respetivamente o V2I para comunicação entre o veículo e a infraestrutura e o V2V para comunicação entre veículos.

Os sistemas desenvolvidos no âmbito do CoMoSeF fazem uso de tecnologias de ponta como os protocolos de comunicação móvel WLAN IEEE802.11.p, WiMax, ZigBee, GPRS e LTE, dispositivos de diagnóstico CAN e OBD-II e posicionamento através de GPS.

Numa primeira fase, o projeto permitiu fornecer a um conjunto restrito de condutores informações em tempo real sobre as condições climatéricas, o estado das estradas e a ocorrência de acidentes.

Os dispositivos V2V para comunicação entre veículos, do CoMoSeF, são de tal forma eficientes, que a informação recolhida por um veículo em circulação é transmitida de forma quase imediata aos restantes condutores.
Cada veículo funciona como uma espécie de nó numa rede de comunicações, permitindo, por exemplo, que um veículo que circule a várias centenas de quilómetros de uma determinada estação climatérica possa obter dados sobre essa zona através de outro veículo que circule próximo da mesma.

As soluções já desenvolvidas são uma componente fundamental de um plano alargado de implementação de Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS), representando um passo significativo para o funcionamento de redes de controlo e monitorização totalmente autónomas.

 

Fonte e Imagens (adaptada): VTT/CoMoSeF




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório