Primeiro Túnel Transcontinental Submerso Abriu ao Tráfego Ferroviário na Turquia

29 Outubro, 2013.

Túnel Transcontinental Submerso

A terceira travessia do Estreito do Bósforo foi hoje inaugurada em Istambul. O túnel ferroviário Marmaray tem 13,6 quilómetros de extensão total e um trecho submerso de 1,4 quilómetros, desenvolvendo-se a profundidades que chegam a atingir os 56 metros, tornando-o num dos mais profundos, do género, no mundo.

O projeto foi desenvolvido com o objetivo de aliviar o intenso tráfego que existe nas duas pontes que atravessam o Estreito, sobre as quais passam diariamente mais de dois milhões de pessoas.

A construção do túnel teve início em 2004 e foi gerida por um consórcio japonês e turco, com fundos provenientes do Banco do Japão para a Cooperação Internacional (JBIC) e do Banco Europeu de Investimento (EIB). O JBIC foi um dos maiores financiadores do projeto, contribuindo com 735 milhões de euros que representam, no entanto, uma pequena fatia dos mais de 3 mil milhões de euros de custo final do projeto, que incluiu também a reabilitação de ligações ferroviárias existentes.

O projeto sísmico do túnel revestiu-se de especiais cuidados, devido ao facto de a infraestrutura atravessar uma zona de intensa atividade sísmica. A estrutura é constituída por gigantescos elementos tubulares duplos de betão armado e foi dimensionada para suportar terremotos de magnitude 9 na Escala de Richter.

A construção do túnel, que une as porções europeia e asiática da Turquia, deveria demorar quatro anos, no entanto a descoberta de vestígios de grande importância arqueológica na zona, prolongou o prazo de execução para nove anos. Além disso, apesar de ter aberto à circulação hoje, a ligação por túnel não está ainda inteiramente operacional.

A nova ligação vai ter uma capacidade de transporte de 150 mil passageiros por hora, quando estiver finalizada.

Fonte: via Marmaray; BBC
Imagens: Muhammed Enes Okullu via Wikimedia; Marmaray




Outros artigos interessantes:

GEO5 Software para Soluҫões Geotécnicas
Uso de Barreiras Vibratórias na Proteção Sísmica de Edifícios
Engenheiros da Universidade de Purdue constroem câmara para a simulação de problemas geotécnicos com...
PCSheetPileWall 1.36: Software de dimensionamento de cortinas de estacas prancha
O poder da estabilização mecânica de solos
Resolvendo a fissuração do betão armado através do uso de cimento auto reparador

         
         


Tópicos Relacionados

         -  fazer cave em moradia geminada - controlo de humidades
         -  Substituição de aterro não controlado encima de rocha firme
         -  Aterramento de superfície concretada
         -  Especificação LNEC E 202 – 1967 Solos. Determinação da quantidade de sulfatos
         -  Projeto residencial de baixo custo - Duvida 01: Fundação
         -  Muro de contenção de terras
         -  Leitor de cartões MEMOLEC da JEAN LUTZ
         -  Alguém pode me ajudar com essa questão ?
         -  Maciços de encabeçamento de estacas
         -  Estacas metálicas cravadas
          

Artigos Relacionados

         -  Projeto 901: Um dos mais incríveis empreendimentos geotécnicos subterrâneos ...
         -  Resolvendo a fissuração do betão armado através do ...
         -  O poder da estabilização mecânica de solos
         -  PCSheetPileWall 1.36: Software de dimensionamento de cortinas de estacas prancha
         -  PyPile 0.2.0: Análise da resposta lateral de estacas
         -  Execução das fundações do edifício Museu 1000 em Miami
         -  Engenheiros da Universidade de Purdue constroem câmara para a simulaçã...
         -  Uso de Barreiras Vibratórias na Proteção Sísmica de ...
         -  GEO5 Software para Soluҫões Geotécnicas
         -  Utilização de Blocos de Geoespuma na Minimização de Assentamentos ...

Vídeos Relacionados

         -  Instalação de Tuneladoras de 550 Toneladas
         -  Avanço de uma Tuneladora TBM
         -  Batedores de Estacas de Banguecoque
         -  Como Funciona uma Tuneladora
         -  Excitação Sísmica de Talude Contínuo
         -  Estacas Moldadas
         -  Liquefacção de Solos 2
         -  Liquefacção de Solos
         -  Animação Plaxis
         -  Equipamento para Prospecção em Zonas Pantanosas

2 Comentários a Primeiro Túnel Transcontinental Submerso Abriu ao Tráfego Ferroviário na Turquia

  1. Túneis - Infraestrutura para o Futuro | EngenhariaCivil.com

    […] de 27 a 29 de Novembro de 2013, em Estugarda, Alemanha, a Conferência STUVA 2013 sob o tema Túneis – Infraestrutura para o Futuro. A edição deste ano centrar-se-á na melhoria das […]

  2. Imagem do Dia: Avança na Turquia Terceira Ponte Entre Ásia e Europa | EngenhariaCivil.com

    […] de arte do Estreito do Bósforo, unindo o continente europeu e a Ásia e encontra-se atualmente em construção na Turquia. A estrutura de suspensão com 2164 metros de comprimento, tem um vão máximo de 1408 metros e […]

Comentar

* Obrigatório