Distinguindo o Betão Belo do Betão Feio

21 Abril, 2015.

Distinguindo o Betão Belo do Betão Feio

Investigadores do Departamento de Edifícios e Infraestruturas do instituto norueguês de investigação SINTEF (Fundação para a Pesquisa Científica e Industrial) estão a desenvolver um sistema que permite fornecer uma avaliação objetiva das qualidades estéticas do betão. A tecnologia utiliza algoritmos matemáticos para classificar, de forma automática, a superfície dos elementos.

Embora a beleza de uma parede de betão seja uma qualidade subjetiva, os investigadores noruegueses focaram-se em algumas características que parecem reunir algum consenso, nomeadamente a regularidade superficial e a quantidade e geometria dos poros, entre outras.

O sistema faz a análise de imagens de alta resolução do elemento de betão através de uma ferramenta informática denominada “Betong GUI“. Este programa permite a deteção da frequência e distribuição das principais características consideradas prejudiciais para a qualidade estética da parede, cobertura ou pavimento de betão e a geração de índices de classificação baseados em critérios objetivos.

O relatório estético obtido através do sistema poderá ser utilizado pelo engenheiro, arquiteto ou dono de obra para o controlo da qualidade do acabamento dos elementos.

Fonte: Tone Anita Østnor via SINTEF | Imagens (adaptadas): Thor Nielsen via SINTEF




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório