Aumentando a Durabilidade do Betão para 2000 Anos

17 Junho, 2013.

Durabilidade do Betão

Uma equipa de investigadores do Departamento de Engenharia Civil e Engenharia do Ambiente da Universidade de Berkeley está a estudar alternativas à utilização de cimento Portland no fabrico de betão, tendo por base a análise da constituição de amostras de betão do tempo do Império Romano, recolhidas na cidade de Pozzuoli, perto de Nápoles.

Verificou-se que o betão encontrado em Pozzuoli possui uma micro-estrutura de grande estabilidade e é extremamente durável, existindo estruturas com mais de dois mil anos ainda em excelentes condições. O betão moderno, fabricado com cimento, tem um tempo de vida útil que não ultrapassa os 50 anos.

Durabilidade do Betão

A constituição do ligante usado pelos Romanos só agora é totalmente conhecida, graças à utilização da tecnologia de Advanced Light Source no Laboratório Nacional Lawrence Berkeley. Trata-se de um material baseado em  hidrossilicato de aluminato de cálcio, substância que é obtida pela mistura de cal e cinzas vulcânicas.

O betão assim conseguido tinha um comportamento especialmente interessante em ambientes agressivos, sendo usado frequentemente em obras portuárias e marítimas.
Nestes casos não era apenas o material usado que permitia obter betão estrutural de tão elevada qualidade. Também os métodos de fabrico usados eram determinantes, sendo a argamassa de cal e cinzas misturada com os agregados e submersa em  água salgada, confinada numa cofragem de madeira. Em vez de combater os elementos marítimos, os Romanos integravam-nos no próprio material

A reprodução do processo de fabrico permitiu também concluir que o betão de Pozzuoli era mais ecológico e sustentável que o betão moderno, requerendo temperaturas de fabrico do ligante, inferiores a 1000ºC, ao contrário do cimento Portland que exige temperaturas próximas dos 1500ºC.

Apesar de possuir tempos de cura significativamente superiores ao betão de cimento portland e portanto não ser aplicável a todos os tipos de estruturas de Engenharia Civil, o betão de Pozzuoli é muito mais durável e sustentável. Além disso, a matéria prima básica do ligante, as cinzas vulcânicas, existe em grandes quantidades um pouco por todo o mundo, o que significa que a sua utilização pode ser novamente generalizada, tal como no tempo do Império Romano.

Durabilidade do Betão

Imagens: UC Berkeley
Fonte: UC Berkeley




Outros artigos interessantes:




5 Comentários a Aumentando a Durabilidade do Betão para 2000 Anos

  1. Materiais de Construção e Tecnologias Sustentáveis - SCMT3 | EngenhariaCivil.com

    […] a durabilidade dos materiais de construção e a manutenção e gestão do ciclo de vida das estruturas de betão, entre […]

  2. Engenharia Civil Mais Ambiental com os Novos Betões Fotocatalíticos | EngenhariaCivil.com

    […] ao uso intensivo do betão na construção civil mundial, tem sido grande o investimento, nos últimos anos, na procura de […]

  3. Mecânica Para Estruturas Sustentáveis e Resilientes em Discussão na EMI 2013 | EngenhariaCivil.com

    […] cujo tema é a Mecânica Para Estruturas Sustentáveis e Resilientes, centrar-se-á na segurança, durabilidade, custo e vertente ambiental das estruturas de Engenharia […]

  4. Reabilitação de Construções em Foco em Janeiro no Técnico | EngenhariaCivil.com

    […] Os professores do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos do Instituto Superior Técnico, Fernando Branco, João Gomes Ferreira e João Ramôa Correia, coordenam, no próximo dia 13 de Janeiro em Lisboa, o curso Ensaios Experimentais Para a Reabilitação de Construções. Dirigido a engenheiros civis e arquitetos, tem com principal objetivo dar a conhecer os principais ensaios associados à reabilitação de construções, as patologias estruturais e a durabilidade de estruturas. […]

  5. Descobrindo os segredos da incrível resistência e durabilidade do betão da Roma Antiga | EngenhariaCivil.com

    […] Uma equipa de investigadores da Universidade de Utah, nos EUA está a estudar os fatores que dotaram o betão fabricado pelos antigos romanos, de tão elevada resiliência, com durabilidade que chega a ultrapassar os 2000 anos. […]

Comentar

* Obrigatório