Engenheiros Civis suíços integram serradura em betão

2 Agosto, 2017.

Engenheiros Civis suíços integram serradura em betão

Uma equipa de Engenheiros Civis suíços, está a estudar a possibilidade de integração de serradura em elementos de betão. Embora este tipo de integração não seja novo, ao contrário de outros estudos anteriores, este visa o fabrico de elementos não apenas com propriedades construtivas melhoradas, mas também com funções estruturais.

O estudo, que está a ser desenvolvido pelo Instituto de Tecnologias Construtivas e Ambientais da Escola de Engenharia e Arquitetura de Fribourg, no âmbito do Programa Nacional de Recursos NRP 66, promovido pela Fundação Suíça de Ciência visa a utilização de percentagens de integração de resíduos de madeira muito elevadas, superiores a 50%.

Graças ao elevado conteúdo de madeira, o novo betão apresenta um comportamento melhorado ao fogo e oferece propriedades térmicas de isolamento significativamente superiores ao betão corrente.
Além disso, devido ao baixo peso da madeira, em comparação com os agregados que substitui parcialmente, os elementos estruturais pesam menos de metade de elementos fabricados com betão “normal”.

Além das vantagens construtivas, o novo betão com integração de serradura de madeira é mais sustentável e ambiental. Faz uso de subprodutos da indústria da madeira, que resultam de materiais renováveis.

No que diz respeito ao comportamento estrutural, os ensaios conduzidos pelos investigadores suíços mostram que o novo betão é adequado à execução de lajes, pilares e vigas, podendo igualmente ser utilizado na produção de elementos estruturais pré-fabricados.

 

Fonte: EngenhariaCivil.com; SNF | Imagens (adaptadas): EngenhariaCivil.com; via SNF




Outros artigos interessantes:

Catalunha Utiliza Robots na Construção de Estruturas
Investigadores Alemães Desenvolvem Sistema Híbrido para Inspeção de Aço de Alta Resistência
Construção de Ponte Sobre o Rio Wisłok na Polónia - Parte 1
Posicionamento do novo tabuleiro da Ponte Metálica Velha de Bratislava
LTBeam v1.0.11
Nova tecnologia alemã consegue elementos estruturais de CFRP mais resistentes e baratos

         
         


Tópicos Relacionados

         -  Tramo de vigas
         -  Sapatas/Fundações no Robot Estrutural
         -  Duvida em fixaçao de longarinas - ponte rural
         -  Reações de apoio para treliça
         -  Contrapiso ou "Prontilaje"
         -  Hachuras Eberick
         -  Duvida no dimensionamento de rampa para lavagem de carros
         -  Elementos de fachada (estruturais ou não-estruturais)
         -  Diferença construtiva para Vigas Engastadas e Apoiadas
         -  Passar o arquivo do Acad para o Cype cad em escala ...
          

Artigos Relacionados

         -  Gigantesco “Mamute” holandês usado no transporte e instalação de ...
         -  Chineses desenvolvem sensores estruturais que podem ser aplicados em spray
         -  Reforço sísmico de edifícios de alvenaria recorrendo a ...
         -  Ftool 4.00
         -  Engenheiros Civis russos aumentam em 200% a capacidade de carga de estruturas ...
         -  Projeto e construção de estruturas de Engenharia Civil com materiais ...
         -  Um sistema inovador de deteção automática de fissuras em ...
         -  Trusses+ 1.0.3.16: Projeto de estruturas treliçadas de Engenharia Civil
         -  Engenheiros do MIT criam material de construção 10 vezes mais forte ...

Vídeos Relacionados

         -  Operação da plataforma MBI 200 na inspeção da estrutura de ...
         -  Gigantesca estrutura metálica em arco de Chernobyl
         -  Aumento da resistência do metal através de deformações ...
         -  Selante ecológico para betão desenvolvido na Universidade de Purdue
         -  Grua montada a 2975 metros de altitude na Alemanha
         -  Construção da ponte metálica em arco de Alconétar
         -  Reconstrução de ponte metálica em Bratislava
         -  Tuned mass damper do edifício Taipei 101 bate recorde mundial
         -  Ponte metálica expansível criada no Japão
         -  Construção do Pilar Central da Ponte de Rzeszowie sobre o ...

Comentar

* Obrigatório