Projetista holandês desenvolve estrutura que captura gases poluentes nas cidades

10 Fevereiro, 2017.

Projetista holandês desenvolve estrutura que captura gases poluentes nas cidades

O gabinete de projeto holandês Studio Roosegaarde criou uma estrutura inovadora, destinada às grandes metrópoles do sudeste asiático, que permite a absorção ativa de gases poluentes, tais como o dióxido de carbono atmosférico.

Com apenas 7 metros de altura a “Smog Free Tower” combina um design futurístico com uma capacidade, sem precedentes, de lidar com ambientes poluídos, funcionando como uma espécie de purificador de ar gigante.

O projeto nasceu de uma cooperação do Studio Roosegaarde com a Universidade de Tecnologia de Delft e com a empresa tecnológica holandesa, especializada em soluções verdes e sustentáveis, European Nano Solutions.

Os seus criadores definem esta torre, de geometria inspirada nos tradicionais pagodes chineses, como o maior aspirador de poluição do mundo. Tem uma capacidade de limpeza de 30 mil metros cúbicos de ar por hora, com um consumo energético que não ultrapassa os 1400 watts.

A estrutura funciona através da libertação de iões positivos para a atmosfera. Estes atraem as finas partículas em suspensão, que são as principais responsáveis pelos efeitos devastadores da poluição para a saúde humana.
Através da ativação de um contra elétrodo, os catiões são conduzidos de volta à torre, arrastando consigo as nocivas partículas poluentes.
O material poluente é então armazenado no interior da torre, através de mecanismos internos propositadamente desenvolvidos para o efeito, que comprimem as partículas e as selam em invólucros de resina.

De acordo com os engenheiros projetistas que criaram a “Smog Free Tower“, o ar envolvente a esta estrutura mantém-se com até menos 75% de partículas em suspensão, depois de ser devidamente filtrado pela torre.

Os ensaios da tecnologia na Holanda e em Pequim conduziram a resultados surpreendentes e simultaneamente assustadores. Depois de testada nas duas localizações, a torre absorveu num dia, em Pequim, a mesma quantidade de material que absorveu durante uma semana na Holanda.

Devido às capacidades sem precedentes da “Smog Free Tower“, na purificação do ar atmosférico, o Ministério Chinês de Proteção Ambiental encomendou ao Studio Roosegaarde quatro novas torres para instalação em grandes metrópoles chinesas.

Fonte e Imagens: EngenhariaCivil.com; Studio Roosegaarde; CNN




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório