Investigadores da Universidade de Illinois Criam Polímeros Autorregeneráveis

14 Março, 2014.

Investigadores da Universidade de Illinois Criam Polímeros Autorregeneráveis

Uma equipa de investigadores do Departamento de Engenharia e Ciências dos Materiais da Universidade de Illinois, EUA, sintetizaram um material polimérico capaz de se autorregenerar. O material, com grande potencial de aplicação na indústria da construção, nomeadamente em tintas, isolamentos e revestimentos, consegue, sem qualquer intervenção externa promover o refechamento de fissuras, impedindo a sua progressão.

O processo de auto cura realiza-se à temperatura ambiente e sem necessidade de utilização de catalisadores. No entanto, a temperaturas um pouco mais elevadas, de cerca de 37º, o processo de cura desenvolve-se de uma forma mais rápida.

Mesmo quanto sujeito a completa rotura e fragmentação, o material é capaz de se autorregenerar. De facto quando os investigadores cortaram e separaram uma porção do material em dois pedaços, foi necessário menos de um dia para que os pedaços se voltassem a unir, bastando para isso que os fragmentos fossem pressionados entre si.

O material, à base de poliureia, é capaz de efetuar uma autorregeneração a nível molecular, criando uma ligação tão ou mais forte que a anteriormente existente.

O fabrico do material, efetuado através de processos de química dinâmica, é conseguido através da utilização de elementos de uso comum, comercialmente disponíveis e de baixo custo.

 

Fonte: Universidade de Illinois
Imagens e Vídeo: Universidade de Illinois




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório