As Pontes Eternas dos Khasi

28 Janeiro, 2013.

As Pontes Eternas dos Khasi

Na densa floresta tropical do estado indiano de Meghalaya, a tribo Khasi constrói pontes a partir de ramos e raízes vivos, orientando-os de forma a que atravessem rios e riachos, recorrendo a uma arte que pratica há mais de 500 anos. Estas pontes são vivas, crescem e tornam-se mais fortes à medida que as árvores se desenvolvem. Algumas têm dezenas de metros e atravessam rios caudalosos, apresentando uma solidez que à primeira vista parece improvável.

A primeira fase de construção destas magníficas estruturas demora cerca de 15 anos, ao longo dos quais os Khasi vão aglomerando novas raízes, de forma a constituir uma base sólida, que será progressivamente suspensa com ramos. Nesta etapa, apesar de ainda estar longe da sua máxima capacidade, a ponte pode suportar 50 ou mais pessoas.
O restante processo de construção, através do qual a ponte adquire toda a sua força estrutural, pode durar uma vida a concretizar.

As Pontes Eternas dos Khasi

A superfície do tabuleiro da ponte é o único elemento que não é vivo, mas que tem uma função muito importante, sendo constituído por pedras e pedaços de madeira que quando apodrecem, servem de fonte de nutrientes às raízes suspensas.

As Pontes Eternas dos Khasi

Devido à grande dimensão das árvores utilizadas e à quantidade de ramos disponíveis, chegam a ser construídas a partir da mesma árvore múltiplos tabuleiros, que atravessam os cursos de água a diferentes níveis.

As Pontes Eternas dos Khasi

As Pontes Eternas dos Khasi

As Pontes Eternas dos Khasi

As Pontes Eternas dos Khasi

As Pontes Eternas dos Khasi

As Pontes Eternas dos Khasi

Imagens: Rex Features, Wikimedia
Fontes: BBC




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório