Betão com integração de lodos provenientes de esgotos domésticos

Betão com integração de lodos provenientes de águas residuais domésticas

Investigadores da Faculdade de Engenharia Civil da Universidade de Tecnologia MARA, na Malásia, publicaram um estudo que revela o potencial da integração, no betão, de lodos provenientes da reciclagem de esgotos domésticos. Os investigadores debruçaram-se, em particular, no pó de lodos residuais domésticos incinerados como material substituto sustentável para o betão.

O estudo é de grande pertinência e importância fundamental para as circunstâncias atuais do país que, devido a deficiências na rede nacional de tratamento de águas residuais, enfrenta um sério problema na eliminação de lodos residuais. Por outro lado, a regulamentação ambiental mudou radicalmente nos últimos anos, proibindo o armazenamento subterrâneo desses resíduos, em parte devido ao seu conteúdo elevado de metais pesados.

Os engenheiros malaios integraram pó de lodos, provenientes de resíduos domésticos sujeitos a queima de forma a reduzir o seu teor em água, em diferentes proporções.
Foram ensaiadas integrações percentuais de 3, 5, 7, 10 e 15%, em diferentes tipos de betão e comparadas diversas propriedades, nomeadamente a capacidade de adsorção, permeabilidade, penetração salina e resistência à compressão, com o betão corrente, produzido à base de Cimento Portland Normal.

Os resultados obtidos pela equipa de investigadores da Universidade de Tecnologia MARA mostraram, no geral, uma redução na resistência à compressão e um aumento na capacidade de adsorção de água, permeabilidade e resistência à penetração salina com o incremento da percentagem de integração de pó de lodo.
Sob determinadas circunstâncias foi também possível concluir que a integração do resíduo reciclado promoveu um aumento espectável da durabilidade.

Assim, de acordo com os investigadores, existe um potencial de uso de pó de lodos provenientes de águas residuais domésticas como substituto parcial no cimento, no entanto é determinante a realização de estudos suplementares para estabelecer métodos de fabrico e controlo de qualidade que possam tornar a produção do material mais eficiente.

Download Artigo Completo “Pó de Lodos Residuais Domésticos Incinerados como Material Substituto Sustentável para o Betão” (em inglês)

Fonte: Universiti Teknologi MARA | Imagem (adaptada/ilustrativa): Global Tech




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório