Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

19 Abril, 2016.

Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

O Departamento de Ciências Físicas e Engenharia da Universidade de Southampton e o Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia do Japão (JAIST) desenvolveram uma nova tecnologia de sensores e micro-interruptores de grafeno que permitem a monitorização da qualidade do ar interior de edifícios, detetando concentrações perigosas de gases poluentes.

Os sensores, que tem baixo consumo energético – uma característica essencial para a integração em edifícios de elevado desempenho ambiental – possibilitam a identificação de moléculas individuais de dióxido de carbono e compostos orgânicos voláteis.
Estes compostos químicos, presentes em materiais de construção, mobiliário e em elementos de revestimento e isolamento, têm um efeito potencialmente nefasto para a saúde humana.

A baixa concentração de químicos perigosos em alguns produtos do dia-a-dia tornam a sua deteção extremamente difícil através do uso de sensores correntes, pelo que a necessidade do desenvolvimento de novas tecnologias mais eficientes se tornou essencial na prevenção de fenómenos como o Síndrome dos Edifícios Doentes (SBS) ou o Síndrome das Escolas Doentes (SSS).

Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

Para fazer frente a tão importante desafio, os investigadores da Universidade de Southampton e do JAIST utilizaram películas de grafeno, obtidas através da reorganização cristalina hexagonal de átomos de carbono.
Aplicando um campo elétrico através da estrutura de grafeno e monitorizando a sua resistência elétrica, a equipa de engenheiros britânicos e japoneses conseguiu detetar, de forma extremamente eficiente e precisa, a adsorção e desadsorção de moléculas individuais de CO2.

Utilizando este processo, os sensores permitem a deteção de compostos perigosos, mesmo em concentrações ínfimas (30 partes por milhar de milhão), em apenas alguns minutos.

A mesma tecnologia está a ser utilizada pela equipa de investigadores no fabrico de micro-interruptores, de muito baixa voltagem (inferior a 3 volts) que, em conjunto com os mecanismos de sensorização, poderão ser utilizados em sistemas ultra-eficientes de controlo ambiental.

Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

Fonte: Universidade de Southampton| Imagens (adaptadas): via Universidade de Southampton/JAIST




Outros artigos interessantes:

Travessia Doha Sharq no Catar Avança em 2015
Reveladas Imagens do Projeto da Torre Equador em Kuala Lumpur
Resultados da Última Fase de Candidatura ao Ensino Superior Confirmam 2014 Como Ano Negro para a Eng...
Novos painéis solares captam raios infravermelhos para produzir mais energia
Implosão simétrica de duas chaminés de betão armado na Escócia
Compilação das melhores operações de desmonte com recurso a explosivos em obras de construção

         
         


Tópicos Relacionados

         -  Alteração de pdm
         -  Detetor térmico
         -  Hidrantes exteriores
         -  Madeira
         -  En 12845
         -  Sistema de redes húmidas/redes secas
         -  Um método construtivo brasileiro que me incomoda muito!
         -  Mucheta pedrial - shaft modular
         -  Instalação predial de esgoto - novo lavabo em sala comercial
         -  Será que posso utilizar a laje de um comodo como piso?
          

Artigos Relacionados

         -  Montagem da cobertura do novo estádio do Atlético de ...
         -  Engenheiros Civis britânicos criam blocos de alvenaria capazes de gerar ...
         -  Batalha épica entre bulldozer russo e bulldozer norte-americano
         -  Influência na saúde humana da oscilação de edifí...
         -  Testando os efeitos nefastos do impacto da água em materiais de ...
         -  Departamento de Engenharia Civil do MIT desenvolve sensores de baixo custo ...
         -  Engenheiros Civis Holandeses estão a desenvolver um cimento mais eficiente ...
         -  Engenheiros sul-coreanos criam novo aço ultrarresistente para obras de Engenharia ...
         -  Uma fascinante viagem por dentro de uma moradia tradicional no Japã...
         -  Projetista holandês desenvolve estrutura que captura gases poluentes nas cidades

Vídeos Relacionados

         -  Robot construtor de casas desenvolvido na Austrália
         -  Edifício dinâmico do Centro de Convenções SwissTech
         -  Um robot para obras de construção – Parte 2
         -  Um robot para obras de construção – Parte 1
         -  A execução da ilha-porto de Abu Dhabi
         -  Edifício solar capaz de intercâmbio de energia com veí...
         -  Construção de ponte com drones na Suíça
         -  Impressora 3D para construção com 12 metros de altura
         -  Vídeo do progresso da construção da nova sede da ...
         -  Engenheiros Australianos Criam Robot que Assenta Tijolos

4 Comentários a Sensores de grafeno na monitorização da qualidade do ar interior de edifícios

  1. 14ª Conferência de Qualidade do Ar Interior e Climatização em Edifícios | EngenhariaCivil.com

    […] Sociedade Internacional de Climatização e Qualidade do Ar Interior (ISIAQ) promove, entre 3 e 8 de Julho de 2016, em Ghent, na Bélgica, a 14ª Conferência de […]

  2. Qualidade do ar interior em edifícios é o tema central da IAQ 2016 | EngenhariaCivil.com

    […] de Aquecimento, Refrigeração e Ar-condicionado (ASHRAE), com o apoio da Aliança Global de Qualidade do Ar Interior (IEQ-GA) e a Associação de Qualidade do Ar Interior, organizam, entre 12 e 14 de Setembro, em […]

  3. Um edifício 100% passivo sem sistemas de aquecimento ou ventilação | EngenhariaCivil.com

    […] ativos de aquecimento, refrigeração ou ventilação, sendo a manutenção das temperaturas e qualidade do ar interior assegurados de forma passiva pelas suas características construtivas. Isto é possível graças à […]

  4. Doha recebe conferência internacional sobre qualidade do ar interior em edifícios | EngenhariaCivil.com

    […] Interiores em Climas Quentes. O evento será focado nas mais recentes tecnologias manutenção da qualidade do ar interior de edifícios, ventilação e refrigeração, bem como nos desafios e oportunidades no setor da climatização de […]

Comentar

* Obrigatório