Coletes refletores inteligentes monitorizam o estado de saúde dos operários de construção civil

18 Março, 2016.

Coletes refletores inteligentes monitorizam a saúde dos operários de construção civil

O Instituto de Tecnologia Real de Melbourne (RMIT) está a desenvolver a próxima geração de coletes refletores de segurança, que permitem não só sinalizar, de forma eficiente, os operários num estaleiro de construção, mas também monitorizar o seu estado de saúde.

A nova tecnologia foi criada com o principal objetivo de reduzir os acidentes relacionados com a excessiva exposição direta ao sol e a elevadas temperaturas por parte dos intervenientes num obra de construção.
Um dos principais problemas é a frequente incapacidade, por parte dos trabalhadores, de reconhecer os primeiros sinais e sintomas de alerta de um golpe de calor (insolação), que incluem enjoos, tonturas e fadiga, entre outros.

Nesse âmbito, o novo colete é dotado de sensores que permitem recolher, em tempo real, uma alargada gama de informações que permitam avaliar o estado de saúde do operário, nomeadamente a temperatura do corpo e o ritmo cardíaco.

Está a ser desenvolvido com usabilidade em mente, de forma a que sua utilização seja simples e as suas funcionalidades não interfiram, de forma negativa com o desempenho do operário.

Esse conjunto de informações é enviado, através de tecnologias de comunicação, sem fios, de dados, para um dispositivo móvel ou uma central de monitorização, que dão o alerta quando os valores saem fora dos intervalos considerados normais.

Fonte: RMIT | Imagens (adaptadas/ilustrativas): via RMIT / French Gerleman




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Coletes refletores inteligentes monitorizam o estado de saúde dos operários de construção civil

  1. Priscila Santos Martins Dias

    Parabéns pelas informações. Sou engenheira em Juiz de Fora e o mercado aqui precisa de uma sacudida com relação a tecnologia.

Comentar

* Obrigatório