Jatos de água na minimização da acumulação de sedimentos em barragens de terra

20 Abril, 2016.

Jatos de água na minimização da acumulação de sedimentos em barragens de terra

Uma equipa de investigadores da área de hidráulica da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL) desenvolveram uma forma simples e eficiente de impedir a acumulação de sedimentos em reservatórios de barragens de terra. O processo passa por manter as partículas em constante suspensão, maximizando a capacidade e desempenho daquele tipo de infraestrutura.

A acumulação de sedimentos é uma característica comum à quase totalidade das barragens de terra. Esta questão pode tornar-se especialmente problemática quando o chamado “volume morto” do reservatório atinge o limite.

Os engenheiros da EPFL recorreram a equipamento submerso que cria um estado de constante turbulência no escoamento através de jatos de água, o que permite a manutenção dos sedimentos em suspensão. Esta agitação constante no fundo dos reservatórios garante que as partículas possam ser transportadas através das turbinas das barragens em vez de se acumularem.

Ao contrário das descargas rápidas periódicas, tradicionalmente usadas em barragens de terra para efetuar a limpeza dos sedimentos, este novo processo não tem efeitos negativos na flora, fauna e estabilidade de taludes, entre outros, a jusante da barragem. Também tem vantagens sobre a limpeza mecânica dos depósitos, uma tarefa que implica a movimentação subaquática, em circunstâncias complexas, de enormes volumes de terras.

O sistema desenvolvido pelos investigadores suíços gera fluxos rotacionais através de quatro jatos de água dispostos num plano horizontal. Além de impedir a acumulação de sedimentos, a tecnologia possibilita a orientação, até certa medida, da direção de arrastamento das partículas, o que permite otimizar as capacidades de limpeza.

O processo foi transposto para a situação real da Barragem de Mauvoisin, localizada no cantão de Valais. Os resultados mostram que é possível, através desta técnica, impedir a acumulação anual de cerca de 20% dos sedimentos.

Fonte: EPFL| Imagens (adaptadas): via EPFL




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Jatos de água na minimização da acumulação de sedimentos em barragens de terra

  1. Agência Portuguesa do Ambiente promove 15º Curso de Exploração e Segurança de Barragens | EngenhariaCivil.com

    […] Gabinete de Segurança de Barragens da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), em colaboração com o Laboratório Nacional de […]

Comentar

* Obrigatório