Britânica desenvolve modelo matemático que poderá revolucionar a organização dos estaleiros de construção

5 Fevereiro, 2018.

Britânica desenvolve modelo matemático que poderá revolucionar a organização dos estaleiros de construção

Uma investigadora britânica da Universidade de Northumbria, em Newcastle, desenvolveu um modelo matemático avançado destinado à otimização de processos em estaleiros de construção. O modelo permite, entre outros, que os recursos sejam alocados de forma mais eficiente em obras de construção de grande dimensão.

Tem também em conta as competências e as personalidades de cada um dos trabalhadores, bem como as condições do estaleiro e a fase de execução da obra.

Os algoritmos desenvolvidos Investigadora Laura Florez permitem a identificação padrões de trabalho de cada equipa e cada indivíduo, fornecendo pistas importantes sobre a organização ótima de grupos tendo em conta tempos de execução e custos associados à realização de tarefas.

O trabalho desenvolvido pela britânica é especialmente dirigido à construção em alvenaria, sendo tidas em conta a disponibilidade de trabalhadores especializados e as relações entre as tarefas a desempenhar e o orçamento previsto, de forma a minimizar a duração e aumentar a produtividade.

Os testes realizados em ambiente real, nos estaleiros de construção de edifícios de grande altura, mostram que relacionando as características dos operários de construção civil, com as condições do estaleiro, é possível, fazendo uso dos resultados oferecidos pelo modelo, reduzir substancialmente os tempos de conclusão da construção de paredes e outros elementos construtivos, maximizar o uso de pedreiros e coordenar mais eficazmente atividades realizadas de forma concorrente.

Fonte: EngenhariaCivil.com; Universidade de Northumbria | Imagens (adaptadas): EngenhariaCivil.com; via Universidade de Northumbria




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório