Novos painéis solares captam raios infravermelhos para produzir mais energia

13 Agosto, 2015.

Novos painéis solares captam raios infravermelhos para produzir mais energia

A Universidade da Califórnia Riverside (UCR) apresentou a sua nova tecnologia fotovoltaica que, ao contrário das soluções convencionais, permite o aproveitamento de todo o espectro da luz solar. Os painéis solares desenvolvidos pela UCR são capazes de utilizar a região infravermelha do espectro solar tornando-os significativamente mais eficientes que os usados atualmente.

Os novos painéis fotovoltaicos, fabricados através da combinação de nano cristais semicondutores inorgânicos (selenieto de cádmio e selenieto de chumbo) e moléculas orgânicas (difenilantraceno e rubreno), remodelam o espectro solar, permitindo que os fotões que simplesmente atravessam os painéis tradicionais sem poderem ser aproveitados, sejam combinados de forma a atingirem um estado energético mais elevado, o que permite a sua subsequente absorção pelas células solares.

Os estudos até agora realizados pela equipa de investigadores do UCR que criou os novos painéis solares, apontam para um incremento da eficiência fotovoltaica que pode ultrapassar os 30% relativamente aos painéis convencionais.

Além da aplicação direta no setor da energia, a nova tecnologia da UCR tem potencial para ser usada em áreas como a imagiologia biológica ou os sistemas de armazenamento de dados.

Fonte: UCR | Imagem (adaptadas): David Monniaux; Zhiyuan Huang via UCR




Outros artigos interessantes:




1 Comentário a Novos painéis solares captam raios infravermelhos para produzir mais energia

  1. Painéis fotovoltaicos de estrutura híbrida produzem até 20% mais eletricidade | EngenhariaCivil.com

    […] de Engenharia Química e Molecular da Universidade de Yonsei, na Coreia do Sul, desenvolveram um novo tipo de células solares capazes de utilizar todo o espectro da radiação solar na produção de […]

Comentar

* Obrigatório