Revestimento inovador para janelas de edifícios utiliza milhões de micro-espelhos para otimizar a distribuição de luz

15 Maio, 2018.

Revestimento inovador para janelas de edifícios utiliza milhões de micro-espelhos para otimizar a distribuição de luz

Uma equipa de investigadores do Laboratório de Energia Solar e Física de Edifícios da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL) desenvolveu um revestimento inovador para janelas que permite aumentar os ganhos solares e a iluminação natural no interior dos edifícios.

O tipo de janelas usadas em edifícios residenciais e de escritórios tem uma importância fundamental no conforto dos ocupantes. Os vidros das janelas devem permitir uma distribuição adequada da luz no interior dos compartimentos e reduzir os reflexos. Dependendo da estação do ano, estes elementos construtivos devem igualmente impedir o sobreaquecimento e a perda de calor dos edifícios.

A nova tecnologia de revestimento de vidro para janelas de edifícios, desenvolvida pelos investigadores da EPFL promete assumir o papel das cortinas e estores sem limitar a vista para o exterior dos ocupantes.

O revestimento é fabricado com recurso a equipamento laser de elevada precisão, que permite obter superfícies microestruturadas. As ranhuras existentes nestas superfícies são então saturadas com micro-espelhos, sendo o conjunto encapsulado com uma película polimérica.

O material funciona com base no princípio das lentes concentradoras parabólicas compostas, que permite uma reflexão otimizada da luz, oferecendo restrições mínimas na visibilidade.

Em cooperação com a multinacional BASF, a equipa de engenheiros suíços prepara-se agora para desenvolver um processo adequado de fabrico industrial do revestimento, em grandes quantidades e a baixo custo.

Fonte: EngenhariaCivil.com; EPFL | Imagens (adaptadas/ilustrativas): EngenhariaCivil.com; via Juhasz Imre




Outros artigos interessantes:




Comentar

* Obrigatório