Arranca Construção do Edifício do Centro Nacional de Comércio em Harbin

1 Abril, 2014.

Arranca Construção do Edifício do Centro Nacional de Comércio em Harbin

Deverá arrancar ainda este mês a construção do Centro Nacional de Comércio em Harbin, China, projetado pelo gabinete italiano Marco Piva. O complexo financeiro constituído por quatro torres interligadas com 267 mil metros quadrados de área interior, ocupará cerca de dois hectares de uma das zonas mais densamente populadas e com maior crescimento económico do país.

Harbin é a maior cidade da província de Heilongjiang e a oitava mais populosa da China, com uma área metropolitana de mais de 10 milhões de habitantes e um centro financeiro com quase 6 milhões de habitantes.

Segundo o projetista, o design tentou tirar partido da grande variabilidade climatérica da cidade, com fachadas encapsuladas numa malha de elementos diagonais metálicos que integram um sistema de iluminação LED e permitem a criação de um ambiente cenográfico, com enfatização das mudanças nas sombras do edifício ao longo do dia.

O projeto foi desenvolvido tendo em conta a redução dos consumos energéticos, tanto através da adoção de tecnologias avançadas de fachadas, como de sistemas inteligentes de iluminação.

Além dos edifícios comerciais, o complexo, cuja construção deverá ficar finalizada em 2016, inclui também um hotel e zonas residenciais.

 
Fonte: Marco Piva
Imagens: via Marco Piva




Outros artigos interessantes:




2 Comentários a Arranca Construção do Edifício do Centro Nacional de Comércio em Harbin

  1. Edifícios Inteligentes e Preservação do Património em Conferência da OE | EngenhariaCivil.com

    […] será subordinada ao tema Edifícios e Património. Os temas centrais em discussão incluirão os edifícios inteligentes, a preservação do edificado, sustentabilidade e valorização do […]

  2. O Verme Urbano de Renzo Piano | EngenhariaCivil.com

    […] construção do edifício da Fundação Jérôme Seydoux-Pathé aproxima-se rapidamente da conclusão, na Avenue des […]

Comentar

* Obrigatório