Elevadores sem Cabos Capazes de Deslocação Horizontal Poderão Ser o Futuro do Transporte em Edifícios de Grande Altura

9 Dezembro, 2014.

Elevadores sem Cabos Capazes de Deslocação Horizontal Poderão Ser o Futuro do Transporte em Edifícios de Grande Altura

A centenária companhia alemã ThyssenKrupp anunciou o desenvolvimento do primeiro sistema de elevadores sem cabos do mundo. O sistema Multi utiliza motores lineares instalados nas cabines de elevação, que permitem o deslocamento tanto vertical como horizontal das unidades. Esta promissora tecnologia poderá ser decisiva na remoção dos limites da altura dos poços convencionais de elevadores dos mega arranha-céus, que até agora estavam circunscritos a algumas centenas de metros.

Embora nos últimos anos tenham aparecido novos materiais, nomeadamente à base de fibra de carbono que permitem, em teoria, a utilização de cabos em poços com altura superior, próxima dos 1000 metros, o princípio base do uso de cabos pecará sempre por estar condicionado à sua resistência e comportamento mecânico.
A ThyssenKrupp optou por uma estratégia diferente, ao transformar os dispositivos de elevação convencionais em verdadeiros sistemas de levitação magnética.

A opção por unidades de elevação autopropulsionadas permitirá a redução da pegada ecológica operativa e das variações bruscas nos consumos energéticos, bem como o aumento da eficiência e capacidade de transporte.
Devido à extrema versatilidade do sistema, cada poço de elevador pode ser utilizado por várias cabines de transporte que se movimentam ciclicamente, nas direções vertical e horizontal.

Apesar da tecnologia Multi estar a ser desenvolvida tendo em mente os grandes arranha-céus, com altura superior a 300 metros, poderá ser utilizada em edifícios de qualquer dimensão e geometria.

O modo de funcionamento das novas cabines permite também uma redução na secção dos poços de elevação, possibilitando uma economia de até 40% da área interior relativamente a sistemas convencionais. Por outro lado, a gama de materiais utilizados promove o baixo peso de todos os elementos envolvidos, resultando numa redução de 50% em comparação com os elevadores tradicionais.

Idealmente o sistema funcionará de forma circular com velocidades de translação que rondam os 5 m/s, possibilitando o acesso dos utilizadores a um elevador a cada 15-30 segundos.

A ThyssenKrupp prevê que o primeiro edifício com sistema Multi possa ser realidade já em 2016.

Fonte e Imagens: ThyssenKrupp




Outros artigos interessantes:

O Verme Urbano de Renzo Piano
Estádio Nacional de Brasília - Estruturas da Copa do Mundo 2014
Avaliação Bibliométrica da Produção Científica de Professores Associados e Catedráticos de Departame...
Fachadas Construídas com Materiais Bio Compósitos Permitem Reduzir a Metade Gastos Energéticos
Americanos projetam gigantescas torres eólicas offshore com pás de 200 metros
Produzindo betão com lamas de Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR)

         
         


Tópicos Relacionados

         -  Ajuda!.. Procuro Barra Maciça de Aluminio
         -  Como fazer a correta ligação entre elementos (executados com os ...
         -  Alteração de pdm
         -  Detetor térmico
         -  Hidrantes exteriores
         -  Madeira
         -  En 12845
         -  Sistema de redes húmidas/redes secas
         -  Um método construtivo brasileiro que me incomoda muito!
         -  Mucheta pedrial - shaft modular
          

Artigos Relacionados

         -  Montagem da cobertura do novo estádio do Atlético de ...
         -  Engenheiros Civis britânicos criam blocos de alvenaria capazes de gerar ...
         -  Batalha épica entre bulldozer russo e bulldozer norte-americano
         -  Influência na saúde humana da oscilação de edifí...
         -  Testando os efeitos nefastos do impacto da água em materiais de ...
         -  Departamento de Engenharia Civil do MIT desenvolve sensores de baixo custo ...
         -  Engenheiros Civis Holandeses estão a desenvolver um cimento mais eficiente ...
         -  Engenheiros sul-coreanos criam novo aço ultrarresistente para obras de Engenharia ...
         -  Uma fascinante viagem por dentro de uma moradia tradicional no Japã...
         -  Projetista holandês desenvolve estrutura que captura gases poluentes nas cidades

Vídeos Relacionados

         -  Robot construtor de casas desenvolvido na Austrália
         -  Edifício dinâmico do Centro de Convenções SwissTech
         -  Um robot para obras de construção – Parte 2
         -  Um robot para obras de construção – Parte 1
         -  A execução da ilha-porto de Abu Dhabi
         -  Edifício solar capaz de intercâmbio de energia com veí...
         -  Construção de ponte com drones na Suíça
         -  Impressora 3D para construção com 12 metros de altura
         -  Vídeo do progresso da construção da nova sede da ...
         -  Engenheiros Australianos Criam Robot que Assenta Tijolos

8 Comentários a Elevadores sem Cabos Capazes de Deslocação Horizontal Poderão Ser o Futuro do Transporte em Edifícios de Grande Altura

  1. Tecnologia e Eficiência Energética de Elevadores em Debate no Porto | EngenhariaCivil.com

    […] o dia de amanhã, no Auditório Magno do ISEP, a terceira edição das Jornadas Técnicas – Elevadores. O evento será dedicado à legislação e normalização, evolução tecnológica dos […]

  2. Submissões aos Prémios Anuais de Edifícios do CTBUH Abertas até ao Dia 30 de Abril | EngenhariaCivil.com

    […] organiza mais uma edição dos seus prémios anuais dedicados a distinguir os melhores projetos de edifícios de grande altura. As submissões estão abertas até ao dia 30 de Abril, podendo concorrer projetos de edifícios […]

  3. Imagem do Dia: Edifício com 1 Km de Altura Recebe Sistema de Elevadores | EngenhariaCivil.com

    […] de 1007 metros, ultrapassando em muito o atual recorde de 830 metros detido pelo Burj Khalifa. Os elevadores ultrarrápidos, de cabine dupla, serão capazes de se deslocar a uma velocidade de 10 metros por […]

  4. Um dos Elevadores Mais Rápidos do Mundo Entra em Funcionamento no Final deste Mês | EngenhariaCivil.com

    […] ThyssenKrupp anunciou a entrada em funcionamento, no próximo dia 29 de Maio, do elevador mais rápido da […]

  5. ThyssenKrupp constrói torre de betão armado com 232 metros para testar novos elevadores de levitação magnética | EngenhariaCivil.com

    […] da fase final da construção de uma torre destinada à realização de ensaios nos seus novos elevadores Multi, sem cabos e capazes de deslocação horizontal, que funcionam através de levitação magnética. Com 232 metros de altura, a singular estrutura […]

  6. antoninho p. doro

    elevador horizontal 1 ton. 10 metros altura carrinho para correr sob. trilhos 180 met

  7. Torre Arcology será um arranha-céus autossustentável em Hong Kong | EngenhariaCivil.com

    […] de edifícios de grande altura, dirigido à completa integração funcional da estrutura interna de transporte vertical com a rede de transportes urbanos. O edifício de 440 metros de altura e 250 mil metros quadrados […]

  8. Mais alta torre do mundo para teste de elevadores vai ser construída em Xangai | EngenhariaCivil.com

    […] Otis anunciou a construção, em Xangai, de um centro de investigação e desenvolvimento de sistemas de transporte vertical. As instalações incluirão aquela que será a mais alta torre do mundo para teste de elevadores, […]

Comentar

* Obrigatório