Como os Elevadores Estão a Limitar a Altura dos Mega Arranha-Céus

16 Junho, 2012.

Elevadores Burj Khalifa

Uma das maiores barreiras para a evolução de edifícios de grande altura, os chamados mega arranha-céus, é a tecnologia de transporte vertical. Os sistemas tradicionais de elevadores não são utilizáveis em edifícios com várias centenas de metros, tanto por questões construtivas como devido a implicações no conforto dos utilizadores.

A máxima altura de um poço de elevador é de 600 m, pois a partir desse valor, os cabos de elevação tornam-se excessivamente pesados. Para dar a volta a este problema, edifícios como o famoso Burj Khalifa, no Dubai, usam um sistema de patamares, no qual os utilizadores que queiram aceder a andares superiores têm de entrar num novo elevador. Em vez de um único poço de elevador, este sistema utiliza vários poços autónomos.

Elevadores residenciais do Burj Khalifa

No entanto em edifícios como a Kingdom Tower, que terá cerca de 1,6 km de altura (o Burj Khalifa tem “apenas” pouco mais de 800 m de altura), serão necessárias pelo menos três mudanças de elevador, utilizando este sistema. Um verdadeiro pesadelo para quem vive ou trabalha nos andares superiores.

Comparação de arranha-céus

Para atenuar este problema e diminuir o tempo da viagem, a Mitsubishi criou novos sistemas de elevadores ainda mais rápidos, capazes de atingir velocidades de 18 m/s. Uma ascensão a esta velocidade seria muito incomodativa para os utilizadores, devido às mudanças bruscas de pressão. Por essa razão, os elevadores da Mitsubishi são pressurizados.

Mas a solução de futuro passa pela utilização de sistemas de propulsão eletromagnética, em vez de sistemas baseados em cabos. Isto permitirá evitar a necessidade de múltiplos poços e mudanças de elevadores para atingir andares superiores. Por outro lado, este tipo de propulsão possibilita aos elevadores deslocarem-se também na horizontal, o que permitirá que funcionem quase como veículos independentes, com trajetos adaptáveis ao destino do utilizador.

Imagem: Emaar
Fonte: Emaar, Popular Mechanics




Outros artigos interessantes:




6 Comentários a Como os Elevadores Estão a Limitar a Altura dos Mega Arranha-Céus

  1. Nuno Fernandes

    È incrivel como as coisas alteram mudando apenas o eixo em que se deslocam pois 10 m/s são apenas 36 km/h ! O que é considerado velocidade alta!

  2. Construção do Segundo Maior Edifício do Mundo Concluída Amanhã em Xangai | EngenhariaCivil.com

    […] no topo dos seus 121 pisos. A conclusão efetiva da construção e entrada em serviço deste mega-arranha-céus está prevista para meados de […]

  3. Arranha-céus em Espanha Dimensionado Sem Elevadores | EngenhariaCivil.com

    […] e erros de projeto. Recentemente veio a público uma nova surpresa desagradável, os poços de elevador acima do vigésimo andar não foram previstos no projeto, tornando virtualmente inabitáveis quase […]

  4. Sistema de Elevadores de Estaleiro JumpLift Garante uma Construção Mais Segura e Eficiente de Arranha-Céus | EngenhariaCivil.com

    […] fabricante finlandesa de tecnologia de elevadores, portas e escadas automáticas, KONE, desenvolveu um sistema de ascensão para estaleiros de obra […]

  5. Elevadores sem Cabos Capazes de Deslocação Horizontal Poderão Ser o Futuro do Transporte em Edifícios de Grande Altura | EngenhariaCivil.com

    […] poderá ser decisiva na remoção dos limites da altura dos poços convencionais de elevadores dos mega arranha-céus, que até agora estavam circunscritos a algumas centenas de […]

  6. Dubai vai utilizar jetpacks para o combate a incêndios em arranha-céus | EngenhariaCivil.com

    […] assistência rápida e transporte de equipamento de combate a incêndio para os andares de topo dos mega-arranha-céus do […]

Comentar

* Obrigatório